Vídeo: Assaltantes invadem loja de conveniência em SP e matam cliente com tiro na cabeça; vítima era PM aposentado e não reagiu

Subtenente Paulo Eduardo Ramalho estava pagando compra como cliente na Oxxo, na Zona Leste. Criminosos anunciaram roubo e o mataram. Dois bandidos foram presos depois; um terceiro fugiu e é procurado. Latrocínio foi na segunda (20). Assaltantes matam PM aposentado em loja em SP
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento que dois assaltantes, um deles armado, invadem uma loja de conveniência na Zona Leste de São Paulo, abordaram um cliente e começam a roubá-lo. A vítima não reage, mas um dos criminosos a mata com um tiro na cabeça. O atendente ainda se deita no chão para se proteger (veja acima).
O caso ocorreu na noite da última segunda-feira (20), por volta das 21h, dentro da Oxxo na Rua Doutor Angelo Vita, no Tatuapé, ao lado da Estação Carrão do Metrô. A reportagem procurou a empresa para comentar o assunto, mas ela não se pronunciou.
O cliente morto é Paulo Eduardo Ramalho, um policial militar aposentado. Ele tinha 57 anos e era subtenente reforma da Polícia Militar (PM) desde 2015.
Apesar de estar armado, Paulo não esboça nenhum reação durante o assalto. Uma das linhas da investigação da Polícia Civil é de que os bandidos decidiram atirar nele ao descobrirem que ele estava com uma arma na cintura. Também é investigada a hipótese de os assaltantes terem desconfiado que a vítima era policial.
Além da corrente e da carteira, Paulo teve sua arma roubada pelos bandidos, que fugiram após o crime. Do lado de fora um comparsa estava num carro os aguardando.
A Polícia Militar foi acionada e informou ter prendido em flagrante dois suspeitos de participarem do assalto. Um terceiro criminoso não foi localizado e ainda é procurado. O caso foi registrado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte, no 53º Distrito Policial (DP), Parque do Carmo.
Segundo a polícia, dois criminosos entraram na loja e anunciaram o assalto por volta das 21h, enquanto o terceiro bandido ficou num carro, do lado de fora. Paulo aparece de boné azul e camiseta preta na frente do caixa com a carteira na mão para pagar sua compra.
Paulo chegou a ser socorrido por uma ambulância, que o levou para o Hospital Municipal do Tatuapé, mas ele não resistiu ao ferimento e morreu.
Rota prende dois suspeitos
PM aposentado é morto durante assalto em SP
Uma denúncia levou as Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), tropa de elite da Polícia Militar, a localizar o carro usado pelos bandidos na fuga. Os policiais perseguiram o veículo dos criminosos, que se acidentou no Jardim Santa Terezinha, também na Zona Leste.
O automóvel usado pelos três bandidos era furtado. Depois eles continuaram a fugir por uma viela. A polícia conseguiu prender dois bandidos e apreendeu a arma usada no crime. Um dos criminosos conseguiu fugir.
Levantamento feito pelo jornalismo da TV Globo mostra que 42 agentes de segurança, entre policiais militares, civis e guardas municipais na ativa ou aposentados, foram vítimas de assaltos na Grande São Paulo entre janeiro e novembro deste ano.
Sendo que oito policiais ficaram feridos e cinco foram mortos. Outros 14 criminosos ficaram feridos e 14 morreram.
No mesmo período do ano passado, 54 agentes foram alvos de criminosos na região metropolitana de São Paulo: 12 policiais ficaram feridos e sete morreram. Enquanto 12 criminosos foram feridos e 11 acabaram mortos.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.