Vereador diz sobre líder comunitária durante sessão: ‘Mesmo sendo negra, tem meu carinho’; vídeo


Pedro Azulão pediu desculpas e disse que suas palavras foram mal apresentadas, ao tentar reconhecer o trabalho da mulher. Fala foi feita durante discurso para defender projeto de um colega. Vereador diz a líder comunitária durante sessão: ‘Mesmo sendo negra, tem meu carinho’
O vereador Pedro Azulão (PSB) disse uma fala considerada racista durante um discurso na Câmara Municipal de Goiânia. O vereador falou que tentava reconhecer o trabalho de uma líder comunitária do Jardim Curitiba (assista acima).
“Uma mulher trabalhadeira, uma mulher que defende uma causa social com muita garra […] Uma mulher que, mesmo sendo negra, é uma pessoa que tem o mesmo respeito e o meu carinho”, falou.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
Em nota, Pedro Azulão pediu desculpas e disse que suas palavras foram mal apresentadas, ao tentar reconhecer o trabalho da mulher (veja posicionamento completo no fim da reportagem).
O discurso aconteceu na última terça-feira (21). Azulão defendia a aprovação da lei de outro vereador para transformar uma associação de idosos em uma instituição de utilidade pública, para assim receber benefícios do governo.
“Como sempre, eu ainda mais a engrandeci, até para a gente convencer alguém que pensasse em votar contra. Mas, infelizmente, aconteceu essa falha”, disse o vereador.
LEIA TAMBÉM:
VÍDEO: Vereador é denunciado por racismo após ofender parlamentar imitando som de macaco durante sessão
Crimes de racismo aumentaram quase 80% em um ano em Goiás, diz Anuário de Segurança Pública
Auxiliar de limpeza denuncia ter sofrido injúria racial de colega de trabalho: ‘Disse que negro não termina o serviço’
Ao g1, Pedro disse que estava elogiando as atitudes e o projeto da líder, porque a conhece há 35 anos, por sua atuação no Jardim Curitiba, setor em que ele também mora. Pedro explicou que a mulher tem uma horta comunitária que atende muitas pessoas.
A Mesa Diretora da Câmara de Goiânia informou que não foi acionada para instaurar procedimento acerca do episódio. O caso não foi registrado na Polícia Civil. Em nota à TV Anhanguera, o PSB disse que condena qualquer atitude racista.
O g1 não conseguiu contato com a líder comunitária até a última atualização desta reportagem.
Vereador Pedro Azulão (PSB) de Goiânia, Goiás
Reprodução/Câmara Municipal de Goiânia
Nota vereador Pedro Azulão
Em momento algum durante o meu pronunciamento desta manhã na Câmara de Goiânia, tive a intenção de ofender ou discriminar Sonia Fernandes Correa.
Conforme a íntegra do meu discurso mostra, fui à tribuna justamente para reconhecer publicamente a imensa obra social que Sonia desenvolve há anos junto à comunidade do Jardim Curitiba.
De todo modo, é meu dever pedir desculpas pelas palavras mal apresentadas durante a minha fala na tribuna. Estive pessoalmente com a Sonia na tarde desta terça-feira para apresentar meus pedidos de desculpas e reiterar, conforme disse em meu discurso, minha admiração e estima por ela e pela obra social que ela promove.
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.