Temporais no RS: Defesa Civil e Inmet emitem novos alertas para risco de inundações


As regiões da Fronteira Oeste, do Centro e do Sul do estado devem ser as mais atingidas por conta da chuva. Enchentes já tiraram mais de 29 mil pessoas de casa, matando cinco e deixando 63 feridas. Regiões do RS que correm risco de serem atingidos por alagamentos
Inmet/Divulgação
A Defesa Civil do Rio Grande do Sul e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiram, nesta quarta-feira (22), alertas para o risco de inundações causadas pela instabilidade climática no estado.
📲 Acesse o canal do g1 RS no WhatsApp
Conforme os dois órgãos, as regiões da Fronteira Oeste, do Centro e do Sul do RS devem ser as mais atingidas.
A Defesa Civil indica que as inundações podem ocorrer por conta do aumento do nível de arroios, rios e a lagoa dos patos. O Inmet sinaliza, ainda, que pode chover até 100 milímetros por dia, com ventos que podem atingir 100 km/h. Também pode cair granizo.
Diante desse cenário, pessoas que moram em áreas de risco ou com histórico de inundações são orientadas pelo poder público a buscar apoio das Defesas Civis municipais. Em caso de emergência, os números de telefone disponíveis são o 190 e o 193.
Água invadiu casas com a subida do Guaíba na região das ilhas, em Porto Alegre
Reprodução/RBS TV
LEIA MAIS
Mais de 29 mil pessoas estão fora de casa no RS
Especialistas apontam diferenças entre eventos deste mês e ciclones de setembro
VEJA: imagens de satélite mostram Guaíba antes e depois de cheia histórica em Porto Alegre
Estragos causados pelas enchentes
O número de pessoas fora de casa após as enchentes que atingem o Rio Grande do Sul desde o fim de semana passou de 29 mil nesta quarta, de acordo com a Defesa Civil estadual.
São 179 municípios atingidos no RS, com 29.683 pessoas fora de casa e 63 feridos. Cinco pessoas morreram.
Pelo menos 7 mil clientes da CEEE Equatorial seguem sem luz em áreas alagadas do estado. O fornecimento foi interrompido após pedido da Defesa Civil por questões de segurança.
Na área de RGE, outra concessionária de energia elétrica do estado, são mais de 1,3 mil pontos sem luz, principalmente em municípios do Vale do Taquari e da Região Metropolitana de Porto Alegre. Equipes de manutenção das duas concessionárias monitoram as regiões.
Imagens de drone mostram situação de Eldorado do Sul, no RS
VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Adicionar aos favoritos o Link permanente.