Suprema Corte dos EUA julga ações para impedir redes socais de retirar do ar publicações de discursos de ódio

Ações são de dois estados comandados por governadores conservadores do Partido Republicano, Texas e Flórida. Suprema Corte dos EUA julga ações para impedir redes socais de retirar do ar publicações de discursos de ódio
A Suprema Corte dos Estados Unidos começou a julgar duas ações que pretendem impedir redes socais de bloquear usuários e retirar do ar publicações de discursos de ódio. As ações são de dois estados comandados por governadores conservadores do Partido Republicano: o Texas e a Flórida argumentam que não pode haver qualquer tipo de mediação na internet.
Já as empresas de tecnologia afirmam se não puderem remover conteúdos, as redes sociais seriam inundadas com discurso de ódio e que a proibição inviabilizaria os negócios porque dificultaria o direcionamento de postagens, como de publicidade.
O julgamento deve se prolongar até junho.
LEIA TAMBÉM
Suprema Corte dos EUA começa julgamento que pode mudar forma como redes sociais operam
Adicionar aos favoritos o Link permanente.