Secretário municipal é afastado do cargo por suposta falsidade ideológica no Sul de SC

secretario-municipal-e-afastado-do-cargo-por-suposta-falsidade-ideologica-no-sul-de-sc

Um secretário municipal foi afastado do cargo investigado por falsidade ideológica e peculato. O caso aconteceu em uma cidade da Comarca de Braço do Norte, no Sul de Santa Catarina.

Caso tramita em segredo de justiça – Foto: Pixabay/Reprodução/ND

Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado, o secretário teria usado o carro da prefeitura para uso particular, além de comprar pneus com dinheiro público para veículos que não pertencem ao município. A investigação foi feita com o apoio do Gaeco (Grupo Atuação de Combate às Organizações Criminosas).

O afastamento cautelar apresentado pelo MPSC foi aceito pela Justiça, justificando a existência de provas e indícios do caso. Ele também é necessário para evitar que os crimes continuem a ser cometidos. O caso tramita em segredo de Justiça.

Entenda o caso do secretário municipal

A apuração do MP começou com uma notícia de fato instaurada para apurar supostas irregularidades cometidas pelo então secretário. O Gaeco foi acionado e após diversas diligências, foi constatado a prática dos atos.

Além do secretário, há a informação de que um servidor da mesma secretaria também estaria usando os carros para uso particular. Ambos faziam a prática desde 2021.

Os réus terão amplo direito à defesa. O secretário responderá pelos crimes previstos nos artigos 299 (falsidade ideológica) por duas vezes e artigo 312 (peculato) por três vezes. Já o servidor da pasta responderá por peculato possivelmente cometido três vezes.

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.