Reconhecido pela tatuagem, acusado de matar empresário no interior de SP é preso em Uberlândia


Argemiro Vicente Sobrinho foi surpreendido por criminosos enquanto entrava com carro em garagem em agosto. Investigado se mudou para Uberlândia após o crime e foi encontrado em um lava jato no Bairro Saraiva. Um homem de 34 anos, investigado por participar do assassinato de um empresário em Orlândia (SP), foi preso na quinta-feira (23) em Uberlândia. Argemiro Vicente Sobrinho, de 62, foi morto com um tiro ao ser vítima de assalto quando chegava em casa em agosto.
Compartilhe pelo WhatsApp
Compartilhe pelo Telegram
Conforme a Polícia Civil, as investigações apontaram o envolvimento de sete pessoas no crime. Um dos suspeitos cumpria pena por vários crimes em um presídio em São Paulo e não retornou à prisão depois de conseguir o benefício da “saidinha”.
Em setembro, o homem se mudou para Uberlândia e morava com a companheira no Bairro Lídice. Ele foi preso enquanto trabalhava em um lava jato no Bairro Saraiva após ser reconhecido por uma tatuagem de palhaço que tem em um dos braços.
Ainda segundo a Polícia Civil, havia cinco mandados de prisão em aberto contra o rapaz. Um celular foi apreendido durante a ação e vai ser periciado para ajudar na apuração do crime.
📲 Receba no WhatsApp notícias do Triângulo e região
O assalto
De acordo com informações do boletim de ocorrência, o assalto ocorreu na Rua Quatro, no Jardim Boa Vista, em Orlândia, por volta da meia-noite do dia 5 de agosto.
Argemiro havia acabado de entrar com o automóvel na garagem quando foi surpreendido por dois assaltantes, um deles armado, e passou ser agredido enquanto os criminosos tentavam roubar correntes, pulseira e um anel de ouro.
Argemiro Vicente Sobrinho morreu após ser baleado durante assalto em Orlândia, SP
Reprodução/ Redes sociais
De acordo com o boletim de ocorrência, foi nesse momento que o empresário acabou atingido com um disparo no peito, e os criminosos fugiram. A suspeita é que ele foi baleado enquanto resistia à abordagem dos ladrões.
Mesmo ferido, Argemiro conseguiu deixar sua casa dirigindo por cerca de 200 metros até o cruzamento da Avenida N com a Rua 8, onde pediu socorro informando que estava com falta de ar e foi auxiliado por um morador, que o levou ao Hospital Beneficente Santo Antonio.
A vítima foi atendida, mas não resistiu a sucessivas paradas cardiorrespiratórias. A perícia encontrou, no assoalho do carro da vítima, o projétil do disparo que atingiu o empresário. Além disso, na casa dele foi encontrado um carregador de pistola com três cartuchos intactos.
LEIA TAMBÉM:
VÍDEO: Com ajuda de helicóptero, PM faz cerco e apreende adolescente que roubou carro
UBERLÂNDIA: Com drone e notebooks no carro, quadrilha especializada em furtos é presa na BR-050 em Uberlândia
📲 Siga as redes sociais do g1 Triângulo: Instagram, Facebook e Twitter
📲 Receba no WhatsApp as notícias do g1 Triângulo
VÍDEOS: veja tudo sobre o Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.