Programa social procura ressocializar denunciados por violência doméstica em Sorocaba


O programa, coordenado pela Organização Não-Governamental (ONG) CIM Mulher, atendeu cerca de 2 mil homens em 10 anos. Cidades do interior de SP oferecem serviços de proteção às mulheres vítimas de violência
Diante de tantos casos de feminicídio, fica a incerteza sobre como deter um problema que afeta diariamente tantas mulheres. Em Sorocaba (SP), o Centro Estabilizado de Reabilitação do Autor da Violência Doméstica (Cerav), tem procurado ressocializar agressores.
Por meio de conversas e atendimentos psicológicos, os encontros semanais reúnem homens que foram denunciados por violência doméstica. Com a ajuda profissional, os participantes são levados a refletir sobre as agressões.
📲 Participe do canal do g1 Sorocaba e Jundiaí no WhatsApp
“Aqui, aprendo o que é ser abusivo, o que é ser companheiro. Que o homem não é dono da mulher. Muitos assuntos sobre relacionamento”, conta um participante do projeto.
O programa, que é coordenado pela CIM Mulher, uma Organização Não-Governamental (ONG), já recebeu cerca de 2 mil homens nos últimos 10 anos. Neste número, todos cometeram violência doméstica, seja moral, patrimonial, física ou sexual.
No Cerav, os agressores participam de conversas em grupo e passam por atendimento psicológico
Reprodução/TV TEM
De acordo com Ingrid de Souza Fonseca, psicóloga do Cerav, os índices de retorno aos atos criminosos é baixo, o que demostra um progresso na ressocialização.
“Eles chegam aqui falando que não agrediram, mas não entendem que a violência doméstica pode ser cometida de diversas formas. Eles saem daqui entendendo e percebendo que não era um bom relacionamento. Hoje, apenas 4% dos que frequentam o Cerav voltam a praticar o crime”, aponta.
Em toda a região de Sorocaba (SP), o índice de violência contra a mulher atinge níveis críticos. Somente em 2023, foram registrados 221 casos de feminicídio em todo estado de São Paulo, sendo 138 deles no interior paulista.
Initial plugin text
Tipos de Violência Doméstica Mob
Luisa Rivas | Arte g1
Veja mais notícias da região no g1 Sorocaba e Jundiaí
VÍDEOS: Assista às reportagens da TV TEM
Adicionar aos favoritos o Link permanente.