Prejuízo de R$ 58 milhões: quadrilha que fez vítimas no Sul de SC é desarticulada em São Paulo

prejuizo-de-r$-58-milhoes:-quadrilha-que-fez-vitimas-no-sul-de-sc-e-desarticulada-em-sao-paulo

A Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu 17 mandados de busca e apreensão e nove de prisão, por meio da Operação Apáte, com o objetivo de esclarecer o golpe do falso leilão de veículos. As diligências foram efetuadas em São Paulo, Santo André, São Bernardo dos Campos, Mauá e Itapecerica da Serra. As vítimas eram de Criciúma e municípios da região.

Diligências foram cumpridas nesta quinta-feira (23) - Divulgação/Polícia Civil/ND

1
3

Diligências foram cumpridas nesta quinta-feira (23) – Divulgação/Polícia Civil/ND

Diligências foram cumpridas nesta quinta-feira (23) - Divulgação/Polícia Civil/ND

2
3

Diligências foram cumpridas nesta quinta-feira (23) – Divulgação/Polícia Civil/ND

Diligências foram cumpridas nesta quinta-feira (23) - Divulgação/Polícia Civil/ND

3
3

Diligências foram cumpridas nesta quinta-feira (23) – Divulgação/Polícia Civil/ND

Sites de leilões falsos na internet

Conforme a investigação, os acusados colocavam sites de leilões falsos na internet e negociavam veículos que não existiam. Os links ainda exibiam símbolos do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, com o intuito de repassar maior credibilidade e facilitar a consumação da fraude.

Segundo o delegado da 2ª Delegacia de Polícia de Criciúma, Márcio Campos Neves, os criminosos atuavam nos municípios paulistas e nenhum mandado foi cumprido em Santa Catarina. As vítimas eram do Sul de SC, mas também de outros estados, como Goiás e Minas Gerias.

Prejuízo soma R$ 58 milhões

O prejuízo somado das vítimas ultrapassa R$ 58 milhões. Durante as diligências, os policiais apreenderam aparelhos eletrônicos, que serão analisados para a continuidade das investigações e identificação dos demais envolvidos.

Policiais civis de São Paulo e de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Defraudações, da 2ª Delegacia de Polícia de Criciúma e do Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do TJSC, participaram das diligências.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.