Prefeitura de Mogi e Santa Casa entram em acordo e PS continuará atendendo por 180 dias


Santa Casa de Mogi e Prefeitura entram em acordo para PS continuar atendimentos
Após uma coletiva de imprensa realizada pelo prefeito Caio Cunha (Podemos), no início da tarde desta sexta-feira (24), a Prefeitura e a Santa Casa de Mogi das Cruzes entraram em acordo para que o Pronto-Socorro (PS) da unidade de saúde continue o atendimento. O convênio entre as instituições, que terminaria no domingo (26), foi prorrogado por mais 180 dias.
Na noite desta quinta-feira (23), Cunha chegou a postar nas redes sociais um vídeo afirmando que o hospital deixaria de atender as demandas de urgência e emergência a partir da segunda-feira (27).
“Após a coletiva de imprensa, a Santa Casa veio até a Prefeitura e reconheceu a situação preocupante em fechar as portas e prejudicar a população. Nesta reunião, a Santa Casa aceitou a proposta da Prefeitura, sem o aumento solicitado anteriormente, que era de 38%”, informou o prefeito.
Os problemas entre a administração municipal e a Santa Casa não são recentes. A unidade de saúde começou a alegar problemas financeiros entre 2021 e 2022. Para que o convênio tivesse continuidade, o repasse mensal da Prefeitura passou de R$ 992 mil para R$ 2,236 milhões em dois anos.
Foram dois aumentos de recursos: em maio de 2021 de R$ 992 mil para R$ 1,24 milhão por mês e em dezembro de 2021 de R$ 1,24 milhão para R$ 2,236 milhões/mês. Este último é o valor atual, que será mantido na prorrogação do contrato.
Santa Casa de Mogi prorrogou o convênio com a Prefeitura por mais 180 dias
Alessandro Batata/TV Diário
Mesmo com o aumento, ainda tiveram outros percalços no decorrer dos meses. Em abril de 2023, a Secretaria Municipal de Saúde enviou ofício à Santa Casa para renovação do convênio do Pronto-Socorro e, em maio, a Santa Casa informou que renovaria.
Em julho, porém, a instituição voltou atrás e informou que não renovaria. Desde então, várias reuniões têm sido realizadas, inclusive com intermediação do secretário de Estado da Saúde, Eleudes Paiva, para encontrar a melhor alternativa para a população.
Para comentar o assunto, a Santa Casa enviou uma nota à TV Diário. Confira na íntegra:
A Mesa Administrativa em reunião hoje, às 11h, deliberou assinar a Prorrogação do Convênio do Pronto-Socorro por mais 180 (cento e oitenta) dias, a fim de garantir o compromisso assumido pela Santa Casa junto à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, dos serviços de Pronto-Socorro, sabendo da necessidade de reajuste das equipes e assistencial, além de melhorias do plano de trabalho, empenharemos para buscar ajuda através de Emendas Parlamentares para custeio e/ou Empréstimos Bancários.
Deste forma, informamos que estaremos atendendo normalmente neste período.
Comissão
Nos próximos dias, também será oficializado o trabalho de uma comissão, formada pela Prefeitura de Mogi das Cruzes e pela Santa Casa, e que terá validade de 120 dias. A comissão vai trabalhar em conjunto para acompanhar os trabalhos e o atendimento prestado aos mogianos.
Assista a mais notícias do Alto Tietê
Adicionar aos favoritos o Link permanente.