Prefeitura de Belford Roxo investiu mais de R$ 300 mil em reforma de creche que nunca foi construída


Os responsáveis pela empresa contratada para a obra abandonaram o prédio que servia de sede. Dono do imóvel afirma prejuízo de R$ 16 mil. Creche fantasma em Belford Roxo recebeu reformas
Reprodução/TV Globo
A prefeitura de Belford Roxo investiu mais de R$ 300 mil na reforma de uma “creche fantasma”. A escola deveria ficar na Rua Tantalina, número 316, no bairro Wona, mas as pessoas que moram lá dizem que nunca teve obra no local.
A rua tem apenas 500 metros, e os moradores são antigos, muitos moram há décadas no mesmo local – eles nunca souberam de nenhuma creche lá. A única creche próxima fica em outro bairro, a 8 quilômetros de distância.
O número 316 da Rua Tantalina, inclusive, ninguém conhece. No entanto, a Empresa Riobras Empreiteira foi contratada para reformar uma creche nesse exato local de 13 de julho a 11 de agosto de 2020.
O valor da obra passava de R$ 300 mil, e com reajustes passou a custar R$ 312 mil – o valor foi pago em setembro de 2020, um mês depois das supostas obras.
A sede da empreiteira, em Realengo, Zona Oeste do Rio, está abandonada. O dono do imóvel explicou que os responsáveis largaram a sala e deixaram uma dívida de R$ 16 mil de aluguel.
O homem que assinou o contrato foi identificado como Albert Sandro Rodrigues, e os vizinhos da sede disseram que ele não aparece por lá há mais de dez anos.
O RJ2 procurou a Prefeitura de Belford Roxo e o prefeito Waguinho, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.