Polícia prende mais três suspeitos de envolvimento na morte de dois jovens em MT

Gelson da Silva, de 23 anos, e Lucas da Silva Chaves, de 21 anos foram mortos a tiros no último domingo (19), no município de Sorriso. Câmera registra momento em que dois jovens são mortos a tiros em MT; vídeo
Outras três pessoas foram presas nesta quinta-feira (23), suspeitas de envolvimento no assassinato de dois jovens, no último domingo (19), em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. As vítimas foram identificadas como Gelson da Silva, de 23 anos, e Lucas da Silva Chaves, de 21 anos.
De acordo com a Polícia Civil, os três suspeitos foram encontrados em uma casa no município de Sapezal, a 473 km da capital. Durante a prisão, um outro suspeito, que também estava na casa, foi baleado durante o confronto com a polícia e morreu.
Outro envolvido no crime foi localizado na quarta-feira (22) em Sinop, a 503 km da capital, depois de ter vendido um veículo utilizado pelo grupo no dia do crime e foi preso. Daniel Souza Campos, de 28 anos, foi encaminhado para uma penitenciária conhecida como “Ferrugem.” Ele e outro reeducando foram encontrados mortos um dia depois de ter sido preso.
De seis envolvidos identificados até o momento, cinco já foram presos, sendo um morto na penitenciária e o outro em confronto.
Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SESP-MT), os detentos estavam em celas diferentes e foram encontradas durante o horário de destranca e conferência realizada na penitenciária.
Para a Polícia Civil de Sorriso, o assassinato dos jovens é uma resposta às operações que os agentes têm realizado na cidade e região.
A arma usada no dia do crime ainda está sendo procurada pelas equipes e a Polícia Civil segue investigando o caso.
Entenda o caso
Dois jovens morreram na madrugada de domingo (19), depois de serem atingidos por disparos, em Sorriso. Uma câmera de segurança no local registrou o momento em que dois homens atiram contra as vítimas.
Segundo a Polícia Militar, testemunhas que estavam no local disseram que o crime aconteceu por volta das 4h da manhã. Quatro suspeitos estavam dentro de um carro, desceram do veículo e dispararam contra os jovens.
Nessa quarta-feira (22), três pessoas foram presas suspeitas de envolvimento no assassinato.
O veículo utilizado pelo grupo armado estava registrado como roubado, conforme afirmou o delegado responsável pelo caso, Bruno Ferreira. As investigações indicaram que o armamento utilizado é considerado um dos mais adquiridos por uma facção criminosa de origem paulista.
De acordo com o delegado, um dos suspeitos detidos foi capturado em Sinop, a 503 km de Cuiabá, apresentando ferimentos devido a um disparo. Na posse dele, as autoridades encontraram o veículo utilizado no dia do ocorrido.
O suspeito foi preso e deverá responder por homicídio qualificado, porte ilegal de arma, receptação e participação em organização criminosa.
📲 Entre na comunidade do g1 Mato Grosso
Adicionar aos favoritos o Link permanente.