Polícia prende 18 suspeitos envolvidos em tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em MT


Investigações começaram em agosto deste ano, depois que um casal foi detido em flagrante, transportando mais de 2 kg de cocaína e maconha dentro de um carro, segundo a polícia. Carro da Polícia Civil
Polícia Civil
Dezoito pessoas suspeitas de integrarem uma associação criminosa envolvida em tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, em Mato Grosso, foram presas, nesta quarta-feira (22), durante a “Operação Tracker”, da Polícia Civil de Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá. Além das prisões, ainda foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão domiciliar.
Segundo a Polícia Civil, as investigações começaram em agosto deste ano, depois que um casal foi detido em flagrante, transportando mais de 2 kg de cocaína e maconha dentro de um carro. Durante análise celular do casal, foi confirmado que o homem estava envolvido na distribuição de substâncias ilícitas no estado.
Além das prisões, durante a operação, foram apreendidas armas de fogo, porções de maconha e aparelhos celulares. As ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Cáceres, Diamantino, Matupá, Porto Esperidião e Tangará da Serra.
Ao todo foram cumpridos 34 mandados
Polícia Civil
Prisões
Segundo a polícia, no dia 4 de agosto, o casal foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-174, em Pontes e Lacerda. Durante a revista no veículo, os agentes encontraram mais de 2 kg de cloridrato de cocaína e porções de haxixe. Ambos foram levados para delegacia, interrogados e autuados em flagrante por tráfico de drogas e desobediência.
A polícia informou que, posteriormente, a mulher foi liberada provisoriamente, enquanto o homem teve a prisão convertida em preventiva. Foi solicitado extração de dados do celular apreendido, que revelou que o detido atuava fornecendo drogas em várias regiões, especialmente em Campo Novo dos Parecis, Brasnorte, Cuiabá, Porto Esperidião e Cáceres.
Conforme investigado, a análise do celular identificou alvos, diálogos entre os envolvidos e imagens dos carregamentos de entorpecentes, incluindo armas de fogo que também eram comercializadas.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.