Polícia de SP recupera quase mil celulares roubados e apreende máquinas usadas para desmontar aparelhos

Nesta terça-feira (21), a Polícia Civil de São Paulo fez uma operação contra receptadores dos celulares roubados. Duas pessoas foram presas em flagrante. Polícia de São Paulo faz uma operação para recuperar celulares roubados
Uma operação da Polícia de São Paulo recuperou quase mil celulares roubados e apreendeu duas máquinas usadas para desmontar os aparelhos.
Um homem de blusa escura que caminha por uma das avenidas mais movimentadas da Zona Leste de São Paulo é um ladrão de celular. Conforme os carros vão diminuindo a velocidade por causa do congestionamento, ele anda mais rápido. O bandido começa a correr assim que identifica o alvo e ataca. Estoura o vidro do carro e foge com o celular.
O produtor William Santos conversou com a vítima.
“Eu acabei de ser assaltada e levaram meu celular. Preciso bloquear a minha conta. Foi muito rápido. Estava ali na frente, eu estava no GPS. Passou um rapaz ali pela gente, eu nem percebi nada. De repente, estourou o vidro, eu nem percebi que ele tinha pego o meu celular”, contou ela.
Esse tipo de assalto é muito comum no trânsito, porque quem está ao volante acaba sendo surpreendido. O ladrão ainda se aproveita de um hábito comum entre os motoristas: o uso do celular preso no painel aberto em aplicativos de localização.
Nesta terça-feira (21), a Polícia Civil de São Paulo fez uma operação contra receptadores dos celulares roubados. Duas pessoas foram presas em flagrante. Os investigadores ainda apreenderam 853 aparelhos e máquinas usadas para desmontar esses telefones.
“Uma desmontagem a fim de evitar que cause danificação no próprio sistema do aparelho, explica o delegado Wagner Carrasco.
A maior parte dos telefones estava escondida em um apartamento de um prédio no Centro de São Paulo, um endereço tão conhecido da polícia que passou a ser chamado de “ninho de celulares roubados”.
O autônomo Danilo Vicente conseguiu recuperar o telefone dele.
“Já é o segundo já. No ano passado, no fim do ano, também fui roubado. Quebraram o vidro do meu carro e levaram o outro celular. Esse não consegui recuperar. Então, conseguir recuperar esse aqui deixa até o coração quentinho, né?”, afirma.
LEIA TAMBÉM:
Cidade de SP tem um registro de celular roubado ou furtado a cada 3 minutos
Mais de 15% dos roubos de celulares de SP estão concentrados em duas delegacias do Centro de SP
‘Cuidado: Local com alto índice de roubo de celular’, alertam placas espalhadas em calçada da Avenida Brigadeiro Faria Lima em SP
Adicionar aos favoritos o Link permanente.