Polícia apura espancamento e carro queimado, após mulher expor que o pai e o marido dela tinham relação; veja o que se sabe


Após repercussão de suposta relação entre genro e sogro, em Araraquara (SP), caso teve violência no domingo (19). Envolvidos foram notificados para depoimento, segundo a SSP. Traição em família termina com carro queimado e espancamento de homem em Araraquara
A Polícia Civil de Araraquara (SP) investiga o espancamento de um homem de 45 anos no bairro Valle Verde, no domingo (19). Ele é suspeito de atear fogo ao carro do ex-genro e jogar garrafas de vidro em casas perto do local. O incêndio também é apurado.
📲 Participe do canal do g1 São Carlos e Araraquara no WhatsApp
A violência aconteceu após a filha do homem agredido expôr na internet o suposto relacionamento do pai com o marido dela.
O g1 reuniu abaixo 6 pontos sobre o que se sabe sobre o caso.
Como e quando aconteceu o incêndio ao carro e o espancamento do homem?
Qual o estado de saúde do homem?
Por que o homem colocou fogo no carro?
Como o caso foi registrado e o que diz a Polícia Civil?
Como e por que a filha expôs a suposta relação amorosa entre o pai e o marido nas redes?
O que os envolvidos dizem sobre o assunto?
1 – Como e quando aconteceu o incêndio ao carro e o espancamento de homem?
Após descoberta de traição, carro é incendiado e homem agredido em Araraquara
Reprodução
Segundo registro da Polícia Militar, o caso aconteceu por volta de 15h40, na Avenida Lázaro Machado, no bairro Valle Verde.
Uma equipe foi chamada ao local após um homem de 45 anos incendiar o carro Vectra do ex-genro, de 25 anos. O jovem não estava no local. O fogo foi apagado por moradores.
Alterado, o homem também jogou garrafas de vidro em frente a casas perto do veículo. Uma mulher foi ferida por estilhaços, mas não quis denunciar o homem.
Em seguida, pessoas que estavam na rua partiram para cima do homem e começaram a agredi-lo. Um vídeo postado nas redes sociais mostra, pelo menos, cinco pessoas chutando e dando cadeiradas na vítima, que ficou caída no chão.
Voltar ao início
Homem é espancado em Araraquara após atear fogo no carro do ex-genro
2 – Qual o estado de saúde do homem?
Com um ferimento na cabeça, o homem foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro, onde foi medicado e ficou internado em observação.
O estado de saúde atual dele não foi divulgado.
Voltar ao início
3 – Por que o homem colocou fogo no carro?
Carro de homem foi incendiado pelo genro em Araraquara
Reprodução
A motivação ainda não foi esclarecida, mas testemunhas disseram que o homem estaria ‘em surto’ por ciúmes do ex-genro. O g1 não conseguiu contato com ele.
Dias antes, a filha dele expôs uma suposta relação entre ele e o marido dela, divulgando vídeos íntimos e prints de conversas. (Veja mais abaixo.)
Voltar ao início
4 – Como o caso foi registrado e o que diz a Polícia Civil?
O caso foi registrado como dano e lesão corporal no Plantão da Delegacia Seccional de Araraquara e encaminhado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) da cidade, onde é investigado, segundo a Secretaria de Segurança Pública.
A polícia pediu perícia e os envolvidos foram notificados para prestar depoimento.
Voltar ao início
5 – Como e por que a filha expôs a suposta relação amorosa entre o pai e o marido nas redes?
Mulher expõe caso entre pai e o marido em Araraquara
Reprodução/Facebook
Em 15 de novembro, a filha começou a relatar o caso em posts em um dos seus perfis no Facebook e, no domingo (19), expôs vídeos íntimos do pai e do marido em um motel da cidade. Segundo ela, o material foi encontrado no celular do pai dela. A exposição foi feita no perfil dela e do pai.
Ela também compartilhou prints de conversas no WhatsApp que mostravam o que ela afirma ser a relação amorosa entre os dois. A mulher teria terminado o relacionamento com o marido após a descoberta.
No domingo (19), ela ainda postou um vídeo em que a mostrou quebrando os vidros do carro do, agora, ex-marido.
O g1 apurou que a mulher já havia feito postagens sobre o suposto relacionamento do pai e do marido em junho deste ano.
Um perfil no X (antigo Twittter) relatou o caso e o post viralizou com mais de 5 milhões de visualizações. Nesta quarta (22), o assunto liderou entre os mais comentados da rede social no Brasil.
Voltar ao início
6 – O que os envolvidos dizem sobre o assunto?
O g1 tentou contato com os envolvidos no caso, mas não obteve retorno até a última atualização da reportagem.
Voltar ao início
REVEJA VÍDEOS DA EPTV:
Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.