Operação mira dentistas suspeitos de atuar como médicos e deformar rostos de pacientes em procedimentos estéticos


Conselho Regional de Odontologia suspendeu cautelarmente os registros profissionais dos investigados. Serviços eram divulgados nas redes sociais. Procedimentos realizados pelos investigados em operação da PC em Goiás
Reprodução/Redes Sociais
A Polícia Civil de Goiás (PC-GO) cumpre, nesta quarta-feira (22), mandados de busca e apreensão em clínicas de quatro dentistas, em Goiânia e Aparecida de Goiânia. Os profissionais são investigados por atuar como médicos e deformar rostos de pacientes em procedimentos estéticos.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
A reportagem não conseguiu localizar as defesas dos suspeitos até a última atualização desta matéria.
Documentos obtidos pela reportagem, apontam que eles realizavam procedimentos estéticos, autorizados apenas para médicos, que resultaram em complicações para os pacientes. Todos já tiveram os registros profissionais suspensos de forma cautelar pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO-GO), mas continuam exercendo a profissão. Inclusive, divulgando os serviços nas redes sociais.
LEIA TAMBÉM:
Caso Wesley Murakami: pacientes de médico condenado a 9 anos de prisão relatam fortes dores e depressão após procedimentos
Mulher denuncia que ficou com rosto deformado após procedimento estético com falsa esteticista: ‘Não sei o que ela aplicou no meu rosto’
Profissional é investigada após pacientes ficarem com rostos deformados depois de procedimentos estéticos
Um levantamento feito pela reportagem aponta ainda que um dos profissionais, que atende no Setor Central, em Aparecida de Goiânia, está com o registro suspenso desde maio deste ano, após determinação do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO). Na ocasião, ele era investigado por deixar paciente com o nariz deformado após procedimento estético realizado por ele.
Os outros alvos da operação desta terça-feira (22), atuam no Jardim América (2) e no Setor Oeste, em Goiânia. Os três possuem investigações em andamento no Ministério Público de Goiás referentes ao exercício ilegal da medicina.
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.