Motorista de aplicativo suspeito de agredir idoso é indiciado por lesão corporal

As agressões ocorreram após o idoso fazer um pix duplicado para pagamento da corrida e solicitar que o motorista devolvesse R$ 7,70. Idoso é agredido por motorista de aplicativo após cobrar devolução de R$ 7 em Aracaju
O motorista de aplicativo suspeito de agredir um idoso de 73 anos no Bairro Luzia, Zona Sul de Aracaju, foi indiciado por lesão corporal por motivo fútil e dano patrimonial. A informação foi confirmada pelo delegado Ewerton Santos nesta sexta-feira (24). O inquérito foi remetido à Justiça.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 SE no WhatsApp
As agressões ocorreram após o idoso fazer um pix duplicado para pagamento da corrida e solicitar que o motorista devolvesse R$ 7,70. Dois trabalhadores que passavam pelo local tentaram impedir as agressões. O suspeito também jogou o celular do idoso no chão.
“Ouvimos as testemunhas que confirmaram que intercederam para que as agressões cessassem. Foi juntado, além das imagens, o relatório médico informando que teve lesão em uma das mãos”, disse o delegado.
LEIA MAIS:
‘A gente não imagina que vai acontecer com a gente’, diz idoso
O que diz a empresa
Através de nota, a 99 informou que lamenta o caso, e afirmou que bloqueou o agressor da plataforma enquanto as autoridades apuram o caso. Além disso, mobilizou uma equipe que tenta contato com o passageiro para oferecer acolhimento e informações acerca do acionamento do seguro, caso seja necessário.
A empresa disse ainda que está disponível para colaborar com as investigações das autoridades e que possui uma política de tolerância zero para comportamentos ofensivos, atitudes agressivas e quaisquer outras formas de violência. Informou também que disponibiliza um guia que traz orientações sobre como agir e quais comportamentos não são aceitos na plataforma.
A Associação Metropolitana dos Motoristas e Motociclistas por Aplicativos da Grande Aracaju informou que está aacompanhando o caso e que não compactua com qualquer tipo de agressão.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.