Câmara de Vereadores de Toritama cria projeto de lei que prevê aumento de 40% no salário do prefeito, vice e vereadores


g1 Caruaru e região teve acesso ao documento que mostra que, se aprovado, salário dos vereadores do município passam a ser de R$ 10.432, a partir de fevereiro de 2025. Projeto prevê aumento de salário no município de Toritama.
WhatsApp
Um projeto de lei criado pela Câmara de Vereadores de Toritama, Agreste de Pernambuco, prevê o aumento de quase 40% nos salários do prefeito, vice-prefeito e vereadores do município, que se aprovado, devem passar a valer a partir de janeiro e fevereiro de 2025.
Atualmente, o salário de cada parlamentar é de 7.508,88, conforme informação que consta no detalhamento da folha de pagamento do portal da transparência do município. Com o aumento, segundo a proposta do documento do último dia (20), os vereadores devem passar a receber o valor de 10.432, a partir de fevereiro de 2025.
Projeto prevê aumento de salário no município de Toritama.
WhatsApp
Já o prefeito e vice-prefeito, recebem atualmente R$ 18 mil e R$ 13 mil, respectivamente. Caso o aumento seja aprovado, os representantes do poder executivo passam a receber em torno de R$ 25 mil e 18 mil, respectivamente.
A possibilidade dos valores aumentarem, tem gerado polêmica na cidade, tendo em vista, a situação econômica dos municípios do Agreste de Pernambuco, que estão passando por uma crise financeira, conforme foi anunciado pela Associação Municipalista de Pernambuco, a Amupe.
O g1 entrou em contato com a Prefeitura de Toritama, que disse apenas que “da nossa parte informamos que os salários do prefeito e do vice estão fixados desde 2017 e os secretários já tiveram reajuste em 2020, por autoria do município. Entretanto, este reajuste não é da autoria do município”.
O g1 conversou com a Vereadora Carol Gonçalves (MDB), da oposição, que disse que é contrária ao projeto, diante da atual crise financeira que os municípios do Agreste passam.
“Me coloco contrária ao PL do aumento de 40% do subsídio dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e também dos secretários, pois no momento econômico que a gente vive, onde a AMUPE solicita que os municípios declarem calamidade pública pela falta de orçamento. É muito triste ver uma realidade como está”, disse.
O g1 também entrou em contato com o primeiro Secretário da Câmara de Vereadores de Toritama, Derivaldo José da Silva, que é a favor do aumento. Segundo ele, o projeto ainda está em análise.
“Sou a favor do nosso aumento, pois somos regido por o subsídio de 30 por cento dos deputados estaduais. E por lei automaticamente o nosso aumenta. Em resolução do STF. E outra só valerá para a próxima legislação em 25. E nós não sabemos nem se quer estaremos de volta , ou seja reeleito”, disse.
Ainda segundo o parlamentar, com relação ao aumento do salário do prefeito,vice-prefeito e secretários,o pedido de aumento ainda está sendo analisado.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.