EXCLUSIVO: Rondônia transfere 5 líderes de facções para presídios federais; veja quem são


Detentos de alta periculosidade estavam em presídios estaduais na capital Porto Velho e foram transferidos por ordem da Justiça Estadual. Líderes de facções são transferidos de Rondônia para outros estados
Rede Amazônica/Reprodução
Cinco líderes de facções criminosas, que estavam presos em Porto Velho, foram transferidos nesta quarta-feira (22) para penitenciárias federais em outros estados. A transferência foi determinada pela Justiça de Rondônia e realizada pelos policiais penais da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen).
No documento, a que o g1 teve acesso com exclusividade, foram transferidos:
Jaime Cavalheiro Gomes
Marcio Viana da Silva
Edmar Xavier Pereira
Gustavo Eduardo Pereira Pinheiro
Ravelli Luiz Silva Scussel
A reportagem apurou que todos os cinco faccionados estavam cumprindo pena em unidades prisionais do estado em Porto Velho.
Mas de acordo com a ordem judicial, a transferência foi necessária porque Jaime, Marcio, Edmar, Gustavo e Ravelli ‘representam uma ameaça’ para a preservação da ordem e disciplina nos presídios estaduais, bem como para a segurança pública.
Os cinco detentos transferidos são líderes de organizações criminosas e exerciam forte influência negativa sobre a ‘massa carcerária’ na capital Porto Velho, inclusive com registros de fugas do sistema prisional.
Um avião da Polícia Federal foi usado para transportar os líderes das organizações criminosos de Porto Velho para penitenciárias federais de outros estados. Uma intensa escolta armada foi montada no aeroporto Governador Jorge Teixeira nesta quarta-feira para garantir a segurança do embarque e decolagem.
Presos de Rondônia são transferidos para outros estados
Rede Amazônica/Reprodução
Detentos de alta periculosidade são transferidos de Porto Velho
Rede Amazônica/Reprodução
VÍDEOS: veja notícias recentes de Rondônia
Adicionar aos favoritos o Link permanente.