Leilão do Porto de Itajaí tem reviravolta e Antaq define vencedora

leilao-do-porto-de-itajai-tem-reviravolta-e-antaq-define-vencedora

A empresa Mada Araújo Asset Management é a vencedora do leilão de arrendamento provisório do Porto de Itajaí, Litoral Norte de Santa Catarina, a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), declarou a vencedora na noite desta terça-feira (21).

Imagem mostra contêiners e movimentação no Porto de Itajaí

Leilão provisório do Porto de Itajaí tem reviravolta e Mada é declarada vencedora – Foto: Arquivo ND

A empresa desbancou a Tecconave, que faz parte do grupo TiL (Terminal Investment Limited), o qual a Portonave, administradora do Porto de Navegantes, também integra. O documento com inúmeras resoluções dá provimento a recurso da Mada e a declara vencedora.

“Homologar o resultado do Processo Seletivo nº 01/2023-Antaq, que declarou vencedora a empresa Mada Araújo Asset Management; O documento é assinado pelo diretor Alber Furtado de Vasconcelos Neto.

Entre as resoluções está a negativa dos recursos da Livramento Holdings e primeira a liderar o processo, a MMS Empreendimentos.

Propostas para administração do Porto de Itajaí

Quem liderava o ranking de disputa era, primeiramente, a MMS empreendimentos, desclassificada por não comprovar competência para cumprir sua proposta apresentava.

Porto de Itajaí deve voltar a ter movimentação após vitória da Mada

Após vitória da Mada, Porto de Itajaí deve voltar a ter movimentação  – Foto: Marcos Porto/SECOM Itajaí/Divulgação/ND

Posteriormente, a Mada Araújo Asset Management LTDA foi eliminada, também por não apresentar proposta exequível. Isso abriu caminho para a próxima da fila, entretanto, a Mada apresentou recurso e conseguiu voltar à disputa.

A Teconnave, que até então era a terceira colocada, assumiu o favoritismo, bastava ter viabilidade comprovada. A proposta é de movimentar cerca de 35 mil TEUs por mês, números analisados e aceitos pela ANTAQ.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.