Jornalista Batista Custódio morre em Goiânia


Filho disse que o jornalista estava internado há 20 dias para tratar uma pneumonia. Batista é fundador do jornal Diário da Manhã. Jornalista Batista Custódio em Goiânia
Reprodução/Redes Sociais
Aos 88 anos, o jornalista Batista Custódio morreu nesta sexta-feira (24), em Goiânia. Ele é o fundador do jornal Diário da Manhã. Ao g1, o filho contou que Batista estava internado há 20 dias para tratar uma pneumonia.
“Ele era um dos maiores editorialistas do país, ele fazia muitos editoriais, tinha uma capacidade política muito grande”, descreveu Júlio Nasser, filho de Batista.
Batista foi diagnosticado com câncer no pulmão há pouco mais de dois anos e chegou a tratar com imunoterapia. No entanto, o filho disse que ele morreu por conta da pneumonia.
Batista era casado e teve 6 filhos, um dele faleceu. O velório está previsto para acontecer no Cemitério Jardim das Palmeiras, a partir de 12h.
Carreira
“Ele sempre foi o editor geral do jornal. Sempre foi jornalista, ele vivia jornalismo, duas semanas antes de morrer ele ajudava a fazer a primeira página. Ele sempre foi da redação”, contou o filho.
Matéria em atualização.
Jornalista Batista Custódio em Goiânia
Reprodução/Redes Sociais
Adicionar aos favoritos o Link permanente.