Influenciadoras citam desespero após avistarem família à deriva pedindo socorro enquanto faziam vídeo em cruzeiro; veja


Caso viralizou nas redes sociais após digitais influencers narrarem como resgate aconteceu. Bárbara Lemos e Laura Alvarenga buscaram por ajuda após escutarem gritos de socorro. Vídeo mostra quando digitais influencers escutam gritos de socorro de família à deriva
As digitais influencers goianas Bárbara Lemos e Laura Alvarenga passaram momentos de apreensão enquanto participavam de um cruzeiro pela costa do Rio de Janeiro. Durante o trajeto, enquanto filmava o entardecer, uma delas avistou uma família à deriva em alto mar gritando por socorro. Em entrevista ao g1, Bárbara, de 34 anos, contou como foram os momentos de tensão para procurar ajuda para a família que estava amarrada por cordas há mais de 20 horas nas águas.
“O nosso impulso e o nosso desespero foi avisar que tinha alguém na água, para poder receber os socorros e poder salvar aquelas pessoas”, disse Bárbara.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O caso, que viralizou nas redes sociais, foi registrado nos stories do instagram de Bárbara e Laura no último domingo (19). A goiana, que atua como influencer no meio da música sertaneja, contou que estavam em um cruzeiro que partia de Santos, em São Paulo, e estavam em Angra dos Reis (RJ) quando conseguiram ajudar a salvar a família.
“Nós estávamos dividindo a cabine [do cruzeiro]. A Laura foi pra sacada e começou a filmar e escutou os gritos. Foi quando ela começou a me gritar para avisar que tinha gente na água”, afirmou a digital influencer.
LEIA TAMBÉM:
Imprudência de comandante causou naufrágio de barco-hotel que deixou sete mortos no Pantanal, diz polícia
Jovem é encontrada apoiada em placa de cooler depois de barco afundar no Rio Paranaíba; duas pessoas estão desaparecidas
Mais de 30 pessoas são resgatadas pelos bombeiros após barco hotel encalhar no Rio Araguaia; vídeo
Digitais influencers ajudam em resgate de família á deriva após escutarem gritos de socorro
Reprodução/Redes Sociais
Em um momento do vídeo, após ouvir gritos, é possível ouvir Laura Alvarenga se perguntando: “Tem alguém gritando por socorro, será que está no meio do mar ali?”
Os gritos de socorro eram de uma família que estava há 26 horas no mar, apoiados por uma corda. Segundo o Corpo de Bombeiros, seis pessoas foram resgatadas com vida e uma pessoa em óbito foi encontrada. A vítima foi identificada como José Luiz Tito, de 60 anos.
Após ouvirem os gritos, Bárbara e Laura procuraram a administração do cruzeiro para alertar sobre o ocorrido. Segundo a goiana, foram utilizados, pelo navio, sinalizadores e códigos para se aproximarem e realizarem o resgate das vítimas.
Ao g1, Bárbara relatou apreensão ao saber do estado da família e do resgate.
“Eu fiquei muito feliz, mas muito apreensiva por saber mais notícias. Com o passar do tempo, as famílias foram mandando mensagens pra gente. Na hora, eu não sabia o que fazer, eu corria igual louca no navio. Ficamos mais calmas quando soubemos que o melhor foi feito. Eu não ia me perdoar, eu não ia ficar em paz se eu não tivesse tomado alguma atitude”, pontuou.
Vídeo mostra momento em que navio se aproxima de barco que naufragou com família
A digital influencer ainda ressaltou que, ao serem notificados sobre a família à deriva, a administração do cruzeiro avisou no sistema de som o navio que estavam parando as atividades para para realizar o salvamento.
“Ele pararam o navio e avisaram ‘Vamos parar o navio, estamos em procedimento de salvamento’ “, contou Bárbara.
Todos os seis pescadores encontrados foram socorridos e levados à um posto de saúde. Foram resgatados Carlos Eduardo Martins da Silva, de 40 anos; Cláudio Gouveia Toledo, de 53 anos; Rafael Viana Toledo, de 42 anos; Arlindo Moraes, de 51 anos; José Tito, de 71 anos; e Adilson Gouveia Toledo, de 66 anos.
Pescadores são resgatados de barco à deriva no mar da Ilha Grande
Divulgação/Defesa Civil
Em nota, a Marinha informou que será instaurado um procedimento interno para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades da ocorrência, bem como colher ensinamentos para reduzir a probabilidade de situações análogas no futuro e verificar se o mau tempo contribuiu para o ocorrido.
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.