Infidelidade é o fim da relação? Sexóloga dá conselhos para os casais

infidelidade-e-o-fim-da-relacao?-sexologa-da-conselhos-para-os-casais

Acreditar que manter um caso é benéfico para o casamento, que a traição é uma prática normal ou inerente à natureza humana, que todos os homens traem e que a infidelidade ocorre exclusivamente em casamentos em crise são mitos persistentes que permeiam o imaginário social. Além disso, atribuir a si mesma a culpa por ter sido traída é uma perspectiva prejudicial que merece ser desconstruída.

Traição pode ou não levar o relacionamento a ter um fim. Freepik/Divulgação/ND

É crucial desafiar essas ideias equivocadas, reconhecendo a complexidade das relações e promovendo uma compreensão mais realista e saudável sobre fidelidade e compromisso. É fundamental compreender que, em algumas situações, a infidelidade não precisa ser o fim inevitável de uma relação.

Estudos científicos e a minha prática clínica, seja no consultório ou nos atendimentos no portal sexo sem dúvida, mostram que a infidelidade conjugal pode ter diferentes impactos em relacionamentos, e a resposta sobre se é o fim da relação vai depender de diversos fatores, incluindo as circunstâncias específicas, os valores e as escolhas do casal envolvido.

Importante pontuar que a reflexão de hoje não visa condenar nem absolver ninguém. Juntas, vamos ponderar sobre um tema doloroso e abrangente. Apresento uma perspectiva para que possamos refletir, se a infidelidade conjugal é necessariamente o fim do relacionamento. Lembro, ainda, que o tema possui definições pessoais e socioculturais.

Para algumas pessoas e alguns casais, a infidelidade é considerada uma quebra de confiança tão significativa que torna difícil ou até mesmo impossível reconstruir o relacionamento. Para outros, pode ser vista como uma crise, um obstáculo que pode ser superado com esforço, comunicação e muito trabalho em conjunto.

A habilidade em lidar com a infidelidade e seguir em frente muitas vezes está atrelada à disposição do casal para enfrentar o problema, compreender as razões que levaram ao ocorrido e dedicar esforços significativos para reconstruir a confiança (sim, requer esforços!). A psicoterapia e a terapia de casal podem ser recursos valiosos nesse processo, oferecendo um ambiente seguro e livre julgamentos para a comunicação aberta, regulação de emoções e a resolução de problemas.

Desde já, esclareço que restaurar apenas a aparência social, sem abordar as dificuldades subjacentes reveladas na relação, não sustentará o bem-estar no relacionamento.

As consequências da infidelidade devem ser pensadas para quem traiu e quem foi traída(o). É necessário lidar com o luto, pois o modelo de relacionamento que existia agora está extinto.

Temos alguns sentimentos que são vivenciados pela pessoa traída de forma recorrente no momento da descoberta da infidelidade: raiva, incredulidade, sentimento de perda, falta de autoconfiança, ruminação da situação (ficar pensando e falando insistentemente sobre o fato), perda de identidade.

Casos de infidelidade entre famosos

Bruna Biancardi fala sobre traição de Neymar - Instagram/Reprodução/ND

1
5

Bruna Biancardi fala sobre traição de Neymar – Instagram/Reprodução/ND

Após sucesso estrondoso com música sobre traição, Miley Cyrus pode estar sendo processada pelo ex Liam Hemsworth - Divulgacão/Observatório dos Famosos/ND

2
5

Após sucesso estrondoso com música sobre traição, Miley Cyrus pode estar sendo processada pelo ex Liam Hemsworth – Divulgacão/Observatório dos Famosos/ND

A estrela do pop latino descobriu a traição de Piqué a partir de um pote de geleia de morango - Reprodução R7/ND

3
5

A estrela do pop latino descobriu a traição de Piqué a partir de um pote de geleia de morango – Reprodução R7/ND

Jogador do Corinthians é descoberto após levar amante para dentro da própria casa - Internet/Reprodução/ND

4
5

Jogador do Corinthians é descoberto após levar amante para dentro da própria casa – Internet/Reprodução/ND

Luísa Sonza chora lendo carta que expõe traição do ex - Brazil News/Internet/Reprodução/ND

5
5

Luísa Sonza chora lendo carta que expõe traição do ex – Brazil News/Internet/Reprodução/ND

E se engana quem pensa que a pessoa infiel não pode sofre. Existe o alívio de não ter mais de mentir, a impaciência em ter de lidar como a repetição do acontecimento, ansiedade crônica, isolamento, vergonha e até mesmo o desgosto consigo mesmo.

Se a decisão for continuar a relação, o relacionamento não é desfeito, e tanto traidor(a) quanto traído(a) estarão frente a uma nova tarefa: reconstruir a relação, ou melhor, construir uma nova relação. Será necessário aprender novamente a formar o casal. Nesta fase, a desconfiança, a incerteza sobre o sucesso, a vontade de curar a dor e ainda a questão do perdão emerge. Para que a construção de uma nova relação seja crucial será crucial abordar de maneira profunda os problemas já existentes antes da infidelidade conjugal se manifestar no relacionamento.

É importante notar que cada relação é única, e o impacto da infidelidade pode variar significativamente. Apesar de o amor ser um dos principais ingredientes de um relacionamento, ele por si só não o mantém. Algumas pessoas e casais conseguem superar a infidelidade conjugal, enquanto outras podem sentir que a confiança foi irremediavelmente quebrada.

A decisão final sobre o futuro do relacionamento, ou seja, se a infidelidade será o fim da relação ou o recomeço, cabe ao casal envolvido.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.