Filho é preso suspeito de estuprar mãe de 67 anos que é surda e muda


Por se tratar de uma idosa, surda e muda, suspeito deverá responder pelo crime de estupro na categoria de estupro de vulnerável, além de maus tratos e apropriação de proventos. Vítima foi encontrada ferida, desnutrida, desidratada. Homem é suspeito de ter estuprado e agredido a própria mãe idosa, que é surda e muda, em Santo Antônio do Descoberto, Goiás
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de estuprar, maltratar e se apropriar dos bens da mãe, de 67 anos, em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal. A vítima, que é surda e muda, foi resgatada com ferimentos graves, desnutrida e desidratada.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O g1 não localizou a defesa do investigado para se manifestar sobre o caso, pois a autoridade policial não divulgou o nome dele.
O mandado de prisão preventiva contra o suspeito foi cumprido na quinta-feira (23). Mas o crime foi descoberto dias antes, quando uma assistente social do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) foi visitar a casa onde a família vivia e percebeu que a idosa sofria maus tratos.
Aos policiais, a assistente social relatou ter encontrado a vítima em um cômodo sem espaço para cama, sentada em uma cadeira, suja de comida e sangue. Assim que viu a mulher, a idosa começou a chorar e pedir ajuda por meio de gestos.
LEIA TAMBÉM:
Idosa que morreu após ser atropelada por ônibus do Eixo Anhanguera estava a caminho de hospital para acompanhar filha em cirurgia, diz família
Juiz manda internar idosa que acumulou lixo dentro de casa que lotou oito caminhões
Veja como idosa mantida presa por um mês em quarto de hotel conseguiu pedir socorro e ser resgatada pela polícia
Segundo a assistente social, a vítima gesticulou para ela que sofria com agressões e abusos sexuais por parte do filho. A profissional tentou falar com o homem, mas ele se recusou a passar informações e não permitiu a retirada da mãe de casa.
A partir da denúncia, a polícia conseguiu prender o filho por suspeita dos crimes e também resgatar a idosa. Segundo os policiais, a situação da vítima era tão grave que, assim que foi retirada da casa, precisou ser hospitalizada e permaneceu internada por uma semana.
A equipe médica constatou que a idosa estava caquética, desorientada, desnutrida, desidratada e com escaras. Após receber tratamento, ela recebeu alta e foi acolhida em um lar de idosos.
Por se tratar de uma idosa, surda e muda, a polícia considerou que a vítima não tinha condições de se defender dos abusos e nem das agressões do filho. Por isso, ele deverá responder pelo crime de estupro na categoria de estupro de vulnerável, além de maus tratos e apropriação de proventos.
A polícia informou, ainda, que a investigação continua em andamento e o homem encontra-se custodiado na Unidade Prisional de Santo Antônio do Descoberto, à disposição da justiça.
O g1 tentou contato com o delegado Adriano Jaime, responsável pelo inquérito, em busca de mais detalhes sobre o crime de apropriação de proventos que teria sido praticado pelo suspeito, mas não obteve retorno até a última atualização da reportagem.
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.