Estudante da UFRJ é preso por tentativa de feminicídio contra a namorada em alojamento


Márcio George Gomes Neves, de 37 anos, chegou a ir antes da vítima à delegacia para tentar denunciar o fato como uma briga de casal. No entanto, foi surpreendido pela chegada de duas amigas da vítima, que testemunharam o crime. Seguranças da UFRJ ajudaram a mulher agredida. Márcio George Gomes Neves foi preso por suspeita de tentativa de feminicídio
Reprodução
Policiais da 37ª DP (Ilha do Governador) prenderam um estudante de matemática da UFRJ pela tentativa de feminicídio da namorada dele.
Márcio George Gomes Neves, de 37 anos, chegou a ir antes da vítima à delegacia para tentar denunciar o fato como uma briga de casal. No entanto, foi surpreendido pela chegada de duas amigas da vítima, que testemunharam o crime. A versão das outras envolvidas no caso era bem diferente:
“As declarações colhidas em sede policial não deixam dúvidas acerca da tentativa de feminicídio pelo acusado, que somente não matou a vítima em razão da chegada das duas amigas da estudante”, explicou o delegado de polícia, Felipe Santoro.
Na delegacia, a vítima contou que fora enforcada por Márcio, e só não morreu porque conseguiu gritar e pedir ajuda. Duas amigas dela chegaram e viram as agressões, impedindo que o autor matasse a vítima. Segundo ela, Márcio tem surtos de agressividade e violência.
A mulher foi auxiliada por seguranças da UFRJ, que a levaram até a delegacia da Ilha do Governador junto com as duas amigas da vítima.
George foi preso e será encaminhado para uma audiência de custódia no Tribunal de Justiça do Rio.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.