Com menos ônibus, estudantes de Araras faltam às aulas e enfrentam atrasos e superlotação


Município tem utilizado veículos de linhas urbanas para atender a demanda. Problema começou após furto de peças de 9 veículos no final de outubro. Frota de ônibus escolar em Araras (SP)
Ely Venancio/EPTV
Estudantes de Araras (SP) estão deixando de ir para a escola por conta da redução da frota de ônibus escolares. Eles ainda enfrentam atrasos e superlotação.
A situação acontece desde o dia 30 de outubro, quando 9 dos 42 veículos escolares tiveram as peças furtadas e deixaram de circular.
📲 Participe do canal do g1 São Carlos e Araraquara no WhatsApp
A prefeitura reconhece o problema e afirma que está “trabalhando para que o ano que vem isso não aconteça mais”. (veja abaixo o posicionamento).
Com atrasos e superlotação de ônibus em Araras, crianças deixam de ir à escola
Frota reduzida
Com a frota reduzida, os estudantes são atendidos por veículos que atendem as linhas urbanas nos bairros.
Recentemente, o filho da cuidadora Daniela Merenciano perdeu uma avaliação por conta da falta de transporte.
“Semana passada foi semana de prova do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) na escola [Doutor Maximiliano] Baruto. O meu filho não foi porque não teve ônibus”, afirmou Daniela em entrevista à EPTV, afiliada da TV Globo.
Mães reclamam da lotação e falta de ônibus escolar em Araras (SP)
Ely Venancio/EPTV
Além defasagem na frota, os alunos também reclamam da superlotação. Ícaro de Souza, de 9 anos, está no 3º ano do ensino fundamental e afirma que os ônibus estão “muito cheios, tem que empurrar, tem que pedir licença, porque não tem lugar para sentar”.
A mãe, Thayná dos Santos, demonstra preocupação. “Duas escolas para um ônibus só, e vai muito lotado. E a gente, mãe, fica preocupada”, pontuou ela.
Direito
O advogado Lucas Dente reforça que a Constituição Federal garante o acesso à educação e lembra que Araras possui a Lei nº 3751/2004, que cria o Sistema Municipal de Ensino e coloca sob responsabilidade do município em oferecer transporte aos estudantes residentes na zona rural ou que, por outro motivo, necessitem deslocar-se até a unidade escolar que frequentam.
“Por serem crianças pequenas, a educação infantil, é muito importante que tenha sempre alguém adulto, alguém responsável por essas crianças para estar cuidando dessas crianças no caminho da escola para casa e de casa para escola”, salientou o advogado em relação a segurança dos alunos.
Advogado Lucas Dente explica que Araras tem responsabilidade em oferecer transporte aos estudantes
Ely Venancio/EPTV
O que diz a prefeitura
Sobre o uso de veículos que atendem a população em geral para suprir a frota escolar, a secretária de Educação, Heleine Villas Bôas, disse que a medida foi tomada para não deixar de assistir quem necessita do transporte escolar, oferecendo um passe acompanhante aos pais e responsáveis. Ela reconhece os problemas de defasagem na frota.
“Nós precisamos agora, desse mês de janeiro, para dar toda essa manutenção nesses ônibus que estão parados para poder voltar esses ônibus às linhas. Então, nesse momento, nós estamos realmente com a frota reduzida, tentando resolver esses problemas, e já trabalhando para que o ano que vem isso não aconteça mais”, explicou.
Alguns bairros que ficam na região conhecida como Aeroporto são novos e ainda não têm escolas, o que faz com que os alunos tenham que se deslocar até o Centro de Araras.
Sobre isso, a secretária ressaltou que “foram bairros que cresceram muito rápido e sem planejamento” e que ainda não há escolas que atendem as crianças daquela área. Segundo ela, os ônibus urbanos estão sendo utilizados para atender essa demanda até que haja os veículos fretados.
Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara
Adicionar aos favoritos o Link permanente.