Chacina de Itapaci: trio matou adolescente grávida e mais quatro adultos por causa de briga em festa, conclui polícia


Dois homens foram indiciados; um deles, Jonny Kleney, está foragido. Um outro participante do crime morreu em confronto com a Polícia Militar dois dias após oa chacina. Jonny Kleney, foragido pelo homicídio de 5 pessoas, e o local onde ocorreu a chacina em Itapaci
Divulgação/Polícia Civil e Polícia Militar
A Polícia Civil concluiu o inquérito do caso da chacina que aconteceu em Itapaci, na região central de Goiás. Na ocasião, uma adolescente grávida e outras quatro pessoas foram brutalmente assassinadas com diversos disparos de arma de fogo por causa de uma briga na pecuária de Itapaci. Segundo o delegado Marcus Cardoso, dois homens foram indiciados. Um deles está preso e o outro, Jonny Kleney de Lima, está foragido.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
A polícia explicou que, além dos dois, um outro homem também teria participado do crime. No entanto, ele morreu após um confronto com a Polícia Militar dois dias após a chacina, que aconteceu no dia 23 de agosto desse ano. A imagem de Jonny Kleney, apontado como principal executor do crime, foi divulgada pela polícia com o objetivo de auxiliar em sua localização e prisão. O g1 não conseguiu localizar a defesa dele ou do suspeito preso para um posicionamento até a última atualização desta reportagem.
O crime aconteceu por causa de uma briga ocorrida dez dias antes da chacina entre Jonny, que é traficante e integrante de uma facção criminosa da cidade, e uma das vítimas em uma pecuária. O delegado explicou que, na ocasião, a briga com uma das vítimas teria iniciado por um parente de Jonny, que chegou a pedir a arma do traficante emprestada.
Logo depois, Jonny teria “tomado as dores” dele e brigado com uma das vítimas. Segundo a polícia, esse parente do traficante chegou a prestar depoimento, mas não teve relação com o crime.
LEIA TAMBÉM
Chacina em Goiás: mãe salvou filha de 14 anos grávida ao entrar na frente dela e evitar que fosse baleada, diz polícia
Chacina em Goiás: Adolescente e três adultos são executados a tiros dentro de casa por dupla encapuzada, diz polícia
Chacina em Goiás: Corpo de jovem que fugiu após ser baleado é encontrado perto de casa onde outros quatro foram mortos
Casa onde aconteceu chacina, em Itapaci
Divulgação/Polícia Civil
“A briga começou dia 13, mas tiveram várias situações até chegar no dia 23”, explicou o delegado.
Os indiciados devem responder pelos cinco homicídios qualificados e uma tentativa de homicídio.
Chacina em Itapaci
Corpo de jovem que fugiu após ser baleado em chacina é encontrado em Goiás
Divulgação/Polícia Militar
Cinco pessoas, entre 14 e 40 anos, foram executadas dentro de casa, em Itapaci, na noite da última quarta-feira (23). De acordo com o coronel Lusdenes Rodrigues Alencar, na ocasião, dois homens encapuzados entraram na residência e atiraram diversas vezes contra seis pessoas que estavam no local.
Uma adolescente de 14 anos foi encaminhada ao Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN) e sobreviveu.
“As informações preliminares são que dois jovens estavam envolvidos em crimes, um desses jovens já sabia que ‘tava em guerra’ e saiu antes, o outro estava na residência, foi atingido e fugiu”, explicou o coronel.
Segundo a Polícia Militar, as pessoas que morreram são:
Helionai Luiz Valentim, de 40 anos
Cleide Nerys Portes, 35 anos
Jean de Jesus dos Santos, 28 anos
Yasmin Vitória Alves dos Santos, 14 anos
Marco Aurélio Vieira Gomes, 22 anos
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.