Central de Medicamentos do AM sofre escassez de medicamentos, fraldas e alimentação especial

Segundo os responsáveis pelas crianças que precisam da suplementação alimentar, o problema ocorre desde outubro. Órgão segue com escassez de medicamentos, fraldas e alimentação
Pais de crianças que precisam de alimentação especial fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (22) denunciando a falta de insumos na Central de Medicamentos do Amazonas (Cema). Algumas famílias têm tirado do próprio bolso os recursos para manter os suplementos.
Segundo os responsáveis pelas crianças, o problema com a alimentação vem ocorrendo desde outubro. Por diversas vezes, os pais procuraram a Cema para cobrar respostas. No entanto, não houve retorno por parte do órgão.
Outros insumos, como fralda, também estão em falta. As mães afirmam que não conseguem o item desde setembro.
Em nota, a Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM) informou que os itens relativos à nutrição já se encontram na unidade e devem ser entregues a partir da tarde desta quarta-feira (22). As mães e responsáveis serão notificadas para receberem a suplementação alimentar.
Quanto às fraldas pediátricas e demais itens, em virtude da estiagem no estado, que tem dificultado o transporte de cargas, houve um atraso de cerca de 20 dias no prazo estabelecido pelo fornecedor para a entrega do material, que deve ocorrer até a primeira quinzena de dezembro.
Vídeos mais assistidos do Amazonas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.