Cabeleireiro de Sertãozinho, SP, é deportado dos EUA para cumprir pena por tráfico de drogas


Condenado em 2022, Miramar Martins de Brito deve ser encaminhado ao estado de São Paulo, onde cumprirá pena de 5 anos e 10 meses de prisão. Cabeleireiro condenado por tráfico de drogas em Sertãozinho, SP, é deportado dos EUA
Um cabeleireiro condenado a 5 anos e 10 meses de prisão pelo crime de tráfico de drogas em Sertãozinho (SP) foi deportado dos Estados Unidos ao Brasil na última sexta-feira (23).
Faça parte do canal do g1 Ribeirão e Franca no WhatsApp
De acordo com o delegado Plaucio Fernandes, que acompanha o caso, Miramar Martins de Brito foi alvo de investigações em 2008 e condenado pelo crime de tráfico de entorpecentes em 2022.
Desde então, o homem não havia sido localizado. “Tivemos ciência de que ele estava nos Estados Unidos e através da Justiça foi pedido a extradição. Ocorreu como o esperado e agora no dia 23 ele foi deportado e ao desembarcar em Minas Gerais, preso em flagrante”, explica o delegado.
Cabeleireiro de Sertãozinho (SP) condenado por tráfico de drogas é deportado dos EUA
Reprodução/EPTV
Já em solo brasileiro, Brito deve ser encaminhado ao estado de São Paulo, onde cumprirá pena.
Procurada pela EPTV, afiliada da TV Globo, a defesa do cabeleireiro apontou que a condenação do homem conteve erros e que vai entrar com um pedido de liberdade nos tribunais superiores.
Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca
VÍDEOS: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região
Adicionar aos favoritos o Link permanente.