Brasileiros exploram roteiros da gastronomia tradicional na Europa com dupla cidadania

brasileiros-exploram-roteiros-da-gastronomia-tradicional-na-europa-com-dupla-cidadania

Brasileiros exploram roteiros da gastronomia tradicional na Europa com dupla cidadania

Brasileiros exploram roteiros da gastronomia tradicional na Europa com dupla cidadania – Foto: Divulgação

Um almoço na região do Alentejo, em Portugal, degustando a gastronomia típica rural em meio a castelos e monumentos históricos da cidade-museu. Ou então saborear um prato marcado pela fusão de influências árabes, gregas e espanholas da Sicília, na Itália, enquanto observa as vilas de arquitetura única e o mar azul. Com alta na demanda pela dupla cidadania, brasileiros têm explorado as tradições e sabores da Europa. Isso porque o documento permite a livre circulação pelos países, sem necessidade de visto.

A facilidade em circular pela União Europeia com a dupla cidadania é um dos principais motivos que tem atraído brasileiros a obter a documentação. Com os benefícios de um cidadão local, é possível viajar livremente por qualquer país membro do bloco, sem a necessidade de visto ou restrições de tempo de permanência. Com fronteiras próximas e facilidade das viagens de trem e ônibus, é comum também que residentes usem os dias de folga para desbravar o continente.

Entre as cidadanias mais buscadas no Brasil estão a italiana e portuguesa. No caso da Itália, um dado chama a atenção: são mais de 25 milhões de brasileiros elegíveis para obter o documento. Em Portugal, por sua vez, além do vasto número de descendentes, também há o atrativo da proximidade cultural pelo idioma. Para se ter uma ideia: mais de 160 mil brasileiros viviam na Itália em 2020 (segundo dados recentes do Ministério de Relações Exteriores) e quase 240 mil em Portugal em 2022 (relatório do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras – SEF).

Com a busca crescente pela dupla cidadania, os brasileiros elegíveis têm buscado empresas de assessoria especializadas em obter o documento. É uma alternativa segura para economizar tempo, dinheiro e fugir das burocracias nos consulados. Entre as empresas mais bem avaliadas está a Cidadania Já, que auxiliou mais de 10 mil brasileiros com dupla cidadania, com serviços já desde a primeira etapa da aplicação (incluindo quando é necessário localizar documentos dos ascendentes em arquivos na Europa).

Para quem já recebeu a dupla cidadania ou está pensando em iniciar a aplicação, confira abaixo um “aquecimento” com os principais roteiros gastronômicos da Itália e de Portugal.

Itália reflete herança cultural com sabores distintos de sua regiões

Itália reflete herança cultural com sabores distintos de sua regiões – Foto: Getty Images/iStockphoto/ND

A Itália é um paraíso gastronômico conhecido por sua rica culinária e diversidade de pratos tradicionais que refletem a herança cultural de suas regiões. A gastronomia italiana vai muito além da pizza e da massa: é caracterizada por ingredientes frescos e sabores autênticos que representam os povos que percorreram o país em sua história.

Um dos pratos mais emblemáticos é a pasta, em suas variadas formas e combinações. Do espaguete ao ragu bolonhesa da região da Emília-Romanha até o tradicional tagliatelle al pesto da Ligúria, a diversidade de massas italianas é vasta e deliciosa. Nas diferentes regiões do país é possível encontrar recheios distintos, molhos únicos e técnicas de preparo que dão identidade a cada prato.

Outro ícone da culinária italiana é a pizza, com suas origens na cidade de Nápoles. A pizza napolitana autêntica possui uma base fina e crocante, coberta com molho de tomate fresco, mozzarella de búfala e ingredientes de qualidade, como manjericão fresco. Por toda a Itália há variações locais com combinações únicas de ingredientes e sabores regionais.

Além disso, há também pratos como a lasanha, feita com camadas de massa intercaladas com molho bolonhesa e queijo derretido; o risoto cremoso do norte da Itália; e o ossobuco, uma carne saborosa cozida lentamente.

As rotas gastronômicas da Itália oferecem aos viajantes a oportunidade de explorar os sabores locais e as tradições culinárias únicas de cada região. Alguns dos destinos mais famosos são:

Toscana: conhecida pela culinária campestre e ingredientes simples, a Toscana oferece pratos como a sopa ribollita (de legumes, servida com pão), bistecca alla fiorentina (um suculento e generoso bife de carne bovina, grelhado e servido mal passado) e pappardelle ao ragu de lebre.

Emília-Romanha: esta região é o lar do famoso presunto de Parma, do queijo parmigiano-reggiano e do molho bolonhesa. A cidade de Bolonha é reconhecida por sua culinária requintada e autêntica. As especialidades incluem ainda o tortellini en brodo (pequenos dumplings de massa recheados com carne, servidos em caldo de galinha) e a lasanha.

Sicília: com uma fusão de influências árabes, gregas e espanholas, a Sicília oferece pratos como a caponata (com vegetais como berinjela, aipo e tomate refogados com vinagre, açúcar e temperos), arancini (bolinhos de arroz recheados com ragu, queijo e ervilhas) e cannoli, uma sobremesa de massa frita recheada com creme de ricota.

Ligúria: conhecida pela sua cozinha à base de frutos do mar, oferece o famoso molho pesto servido com massas frescas, bem como a focaccia, um pão achatado coberto com azeite e ervas.

Além do bacalhau: a delicadeza e diversidade da gastronomia de Portugal

Além do bacalhau: a delicadeza e diversidade da gastronomia de Portugal – Foto: Divulgação

Portugal, por sua vez, também é um país rico em tradições gastronômicas, repleto de sabores únicos que refletem sua história, cultura e influências regionais. A culinária portuguesa é marcada por pratos tradicionais que encantam os paladares, destacando-se pela simplicidade dos ingredientes frescos e pela riqueza de sabores.

Alguns pratos emblemáticos se destacam pela sua popularidade e presença constante nas mesas portuguesas, como o famoso bacalhau à brás, prato que conquistou corações em todo o mundo. Feito com o peixe desfiado, batatas fritas, cebola, alho, ovos e salsa, é uma mistura de sabores que resulta em uma combinação única e deliciosa. Outra iguaria com a mesma base é o bacalhau com natas, preparado com natas, batatas e cebola, gratinado no forno até obter uma textura cremosa.

Há também o cozido à portuguesa, uma verdadeira festa gastronômica. O prato consiste em uma variedade de carnes (como porco, frango e chouriço), vegetais (couve, cenoura, batata) e enchidos cozidos lentamente em uma panela, resultando em sabores intensos, típicos da gastronomia tradicional portuguesa.

Não se pode esquecer da sardinha assada, um prato simples, mas cheio de sabor. As sardinhas frescas são grelhadas na brasa e servidas com um fio de azeite, acompanhadas por pão caseiro e salada. A iguaria é especialmente apreciada durante as festas populares em todo o país, como as de São João no Porto.

Portugal também é conhecido pelos seus doces irresistíveis. Os pastéis de belém são uma verdadeira tentação. Esses pastéis de nata, feitos com massa folhada crocante e recheados com um creme de ovos e canela, são uma especialidade da confeitaria portuguesa e uma “obrigação” para quem visita o país.

Quanto às rotas gastronômicas, Portugal oferece uma variedade de itinerários para os amantes da boa comida. Conheça algumas delas:

Alentejo: a região do Alentejo é conhecida pela sua gastronomia rural, onde pratos como o ensopado de borrego (com cordeiro) e migas (feito com pão, alho e outros ingredientes) são especialidades.

Minho, Douro e Bairrada: no norte de Portugal, o Minho é famoso pelo seu arroz de sarrabulho e o bacalhau à minhota, enquanto o Douro encanta com pratos à base de carne de porco, como a feijoada à transmontana. A região da Bairrada é reconhecida pelo famoso leitão assado, um prato de carne suculenta e saborosa.

Lisboa e Vale do Tejo: nesta região o viajante encontra as sardinhas assadas, que são servidas frescas grelhadas, especialmente populares durante os festivais de verão. Também há o prato ameijoas à bulhão pato (amêijoas cozidas em azeite, alho, coentros e vinho branco), sem contar com os pastéis de belém.

Algarve: região litorânea no extremo sul de Portugal, oferece o tradicional cataplana de marisco, cozido de mariscos, camarões, amêijoas e outros frutos do mar, cozinhados lentamente em uma cataplana. Também a caldeirada de peixe, ensopado de peixe com batatas, tomate e temperos diversos. Para a sobremesa, inclui doces com amêndoas, figos e alfarroba, ingredientes comuns em doces como dom Rodrigo e morgado.

Cidadania italiana: quem tem direito e como obter?

A Itália é um dos países da Europa que mais atrai os brasileiros. A cidadania italiana é obtida pelo direito “jus sanguinis”, ou seja, é um direito de sangue. Então quem tem ascendentes italianos é elegível para a cidadania, se obedecidos os requisitos. Em geral, é possível obter se um dos antepassados diretos (como pais, avós ou bisavós) é italiano.

Não há um limite de gerações e, além disso, o direito também pode ser obtido por casamento com um cidadão ou cidadã italiano. Identificada a relação, o próximo passo é reunir os documentos.

Há dois caminhos para a cidadania italiana: pela aplicação direta em um consulado italiano ou com assessoria de empresas especializadas. Para quem quer evitar burocracias com um preço acessível, a Cidadania Já é uma dessas empresas mais bem cotadas no mercado. Com equipes treinadas e conhecimento dos trâmites legais, oferece serviços que auxiliam no procedimento de reunir os documentos, obter certidões e enfrentar a burocracia nos consulados.

Cidadania portuguesa: quem tem direito e como obter

Com o português como idioma oficial, assim como no Brasil, Portugal se tornou destino procurado pelos brasileiros que querem mudar de vida. A comunidade tem crescido rapidamente, com oportunidades de trabalho em setores como tecnologia, turismo e educação.

A cidadania portuguesa também é obtida pelo direito de sangue, mas segue algumas regras. Em geral, se o brasileiro possui ascendentes portugueses como pais, avós ou bisavós, pode ser elegível para conseguir a dupla cidadania. O mesmo vale para o casamento com um cidadão ou cidadã de Portugal.

Após identificar a ligação com o país, a etapa seguinte é reunir toda a documentação, do português original até o interessado na cidadania. Há também dois caminhos para obter a cidadania portuguesa: pela aplicação direta em um consulado ou com assessoria de empresas especializadas, entre elas a Cidadania Já.

Cidadania Já presta assessoria para documentação

Uma das principais empresas de assessoria no mercado é a Cidadania Já, que auxilia na documentação para a obtenção da cidadania italiana e portuguesa de descendentes e cônjuges. A empresa tem alto nível técnico na análise dos documentos, maior previsibilidade no procedimento e custo-benefício de destaque no mercado. Além disso, oferece o dinheiro de volta caso não seja concluída a cidadania após a avaliação da documentação.

Para entrar em contato com a Cidadania Já há dois canais principais: as lojas, espalhadas pelo País em estados como Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, ou pelo Whatsapp. No site e redes sociais também é possível solicitar um orçamento e conhecer mais detalhes sobre a dupla cidadania.

Endereço da loja em SC: Nações Shopping – Av Jorge Elias de Lucca, 765, loja L83 – Nossa Senhora de Salete, Criciúma.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.