Bolsonaro deve depor nesta terça à PF em inquérito que apura se ex-presidente importunou baleia no litoral de SP


Ex-presidente terá de explicar se teria se aproximado além do permitido em lei de uma baleia jubarte em um passeio de moto aquática. Assessor dele, Fabio Wajngarten estava no passeio e também terá de prestar esclarecimentos sobre o caso. Ibama analisa se o homem que aparece próximo a baleia é o Jair Bolsonaro
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e seu assessor e ex-ministro Fabio Wajngarten são esperados na sede da Polícia Federal de São Paulo nesta terça-feira (26), às 14h30 e às 15h30, respectivamente, para prestar esclarecimentos no inquérito que apura se o ex-presidente importunou uma baleia jubarte durante um passeio de moto aquática no litoral de São Paulo.
Wajngarten também estava no passeio e terá que explicar a situação.
O inquérito apura se, em junho passado, em uma visita a São Sebastião (SP), o ex-presidente teria se aproximado do animal além do permitido em lei enquanto pilotava uma moto aquática. O inquérito foi aberto pela PF em São Sebastião, e o delegado responsável virá à capital fazer as oitivas.
Ex-Presidente Jair Bolsonaro e advogado Fabio Wajngarten.
TON MOLINA/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
De acordo com a procuradora Marília Soares Ferreira Iftim, vídeos e fotos publicados em redes sociais mostraram o momento em que a mota náutica, de motor ligado, chegou a 15 metros da baleia, que estava na superfície.
LEIA TAMBÉM:

Ibama multa vereador por ‘molestar intencionalmente’ baleia jubarte em São Sebastião; órgão investiga Bolsonaro pela mesma infração

Adicionar aos favoritos o Link permanente.