Black Friday 2023: entenda como o calor influencia nas compras dos clientes

black-friday-2023:-entenda-como-o-calor-influencia-nas-compras-dos-clientes

O principal dia de descontos do comércio no Brasil como a Black Friday pode ficar conhecido como Black Friday do calorão, segundo levantamento realizado pelo Google, as pesquisas de consumidores realizadas na internet até esta quinta-feira (23).

O interesse não se limita a produtos como ventilador e ar-condicionado, também inclui itens como protetor solar e até desodorante. As informações são do R7.

Ventiladores são alvo de busca nas redes sociais para a Black Friday

Ventiladores são alvo de busca nas redes sociais para a Black Friday – Foto: Pexels

O bem-estar de animais de estimação também está nos planos dos brasileiros: tapete gelado foi o termo mais procurado ao longo desta semana, com aumento de 25% nas buscas entre terça (21) e quarta-feira (22). O cobertor de resfriamento para humanos ficou em quarto lugar entre os produtos mais clicados da página de buscas.

“O crescimento também foi verificado em itens como ventilador de mesa, ar-condicionado portátil, frigobar, o que mostra um desejo do consumidor de resolver logo a questão do calor”, diz Ana Frioli, especialista de tendências para varejo do Google.

Ela afirma que smartphones e eletrodomésticos continuam liderando as pesquisas, mas que o crescimento de itens como desodorantes, por exemplo, revela importantes tendências de consumo. “Os iPhones 13 e 14 foram os dois produtos mais procurados nas nossas plataformas desde domingo, já o modelo S23 da Samsung cresceu 300% em um dia”, ilustra.

Otimismo e dinheiro no bolso para a Black Friday

Fábio Garcia, que é diretor de negócios para varejo do Google, diz que neste ano o consumidor está com o bolso menos apertado e mais otimista, o que é percebido pela evolução das buscas pelo termo Black Friday: nos últimos sete dias, foi registrado um aumento de 50%, na comparação com o mesmo período do ano passado. “A gente veio de um terceiro trimestre em que essa pesquisa atingiu o recorde histórico em relação aos anos anteriores, com um crescimento de 114%, na comparação com 2022”, relata.

O clima mais positivo é comprovado por um estudo feito pela empresa Offerwise, a pedido do Google. “Um terço dos consumidores falou que está com o orçamento menos comprometido neste ano, e 68% disseram acreditar que sua situação financeira vai melhorar”, conta o executivo.

Ana Frioli afirma que o consumidor está mais confiante, mais seguro para fazer compras. “É a primeira vez que as pessoas não têm de enfrentar os efeitos da pandemia, que podem dar vazão a uma demanda que estava parada”, avalia.

“Para muita gente, a Black Friday é o momento de viabilizar os desejos de compra, é a oportunidade, talvez única no ano, de adquirir algo que estava esperando. As buscas [na internet] mostram essa jornada do consumidor, são uma oportunidade para os varejistas entenderem mudanças de gostos e de comportamentos e diversificarem sua oferta”, finaliza Garcia.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.