Alerta de tempestade indica perigo para mais de 280 cidades do Paraná; veja quais


Instituto Nacional de Meteorologia prevê chuvas fortes e queda de granizo, com riscos de cortes de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos. Veja dicas de como se proteger. Regiões do PR com alerta de fortes tempestades
Inmet
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de tempestade para parte do Paraná nesta sexta-feira (24), com indicação de perigo em virtude dos temporais, que podem ser acompanhados de ventos fortes e queda de granizo.
✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp
✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram
O alerta de perigo é valido até as 20h desta sexta e indica que a a chuva pode acumular entre 50 e 100 mm por dia, com ventos intensos de 60 a 100 km/h.
Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos. Veja, abaixo, dicas de como se proteger.
As áreas do norte, noroeste, oeste, sudoeste e centro-sul paranaense serão mais afetadas, segundo o Inmet.
LEIA MAIS:
Operação: Grupo criminosos cria centenas de falsas empresas para acobertar contrabando
Temporal: Curitiba registra alagamentos em parques e desmoronamentos
Inspiração: Irmãos cegos se formam em Letras, passam em PSS e trabalham na mesma escola
Alerta de tempestade indica perigo para mais de 280 cidades do PR
Giuliano Gomes/PR Press
Cidades com alerta de perigo de temporais no Paraná
Altamira do Paraná
Altônia
Alto Paraíso
Alto Paraná
Alto Piquiri
Alvorada do Sul
Amaporã
Ampére
Anahy
Ângulo
Apucarana
Arapongas
Arapuã
Araruna
Ariranha do Ivaí
Assaí
Assis Chateaubriand
Astorga
Atalaia
Barbosa Ferraz
Barracão
Bela Vista da Caroba
Bela Vista do Paraíso
Boa Esperança
Boa Esperança do Iguaçu
Boa Ventura de São Roque
Boa Vista da Aparecida
Bom Jesus do Sul
Bom Sucesso
Bom Sucesso do Sul
Borrazópolis
Braganey
Brasilândia do Sul
Cafeara
Cafelândia
Cafezal do Sul
Califórnia
Cambé
Cambira
Campina da Lagoa
Campina do Simão
Campo Bonito
Campo Mourão
Cândido de Abreu
Candói
Cantagalo
Capanema
Capitão Leônidas Marques
Cascavel
Catanduvas
Centenário do Sul
Céu Azul
Chopinzinho
Cianorte
Cidade Gaúcha
Clevelândia
Colorado
Corbélia
Coronel Vivida
Corumbataí do Sul
Cruzeiro do Iguaçu
Cruzeiro do Oeste
Cruzeiro do Sul
Cruzmaltina
Diamante D’Oeste
Diamante do Norte
Diamante do Sul
Dois Vizinhos
Douradina
Doutor Camargo
Enéas Marques
Engenheiro Beltrão
Entre Rios do Oeste
Esperança Nova
Espigão Alto do Iguaçu
Farol
Faxinal
Fênix
Floraí
Flor da Serra do Sul
Floresta
Florestópolis
Flórida
Formosa do Oeste
Foz do Iguaçu
Foz do Jordão
Francisco Alves
Francisco Beltrão
Godoy Moreira
Goioerê
Goioxim
Grandes Rios
Guaíra
Guairaçá
Guaporema
Guaraci
Guaraniaçu
Guarapuava
Honório Serpa
Ibema
Ibiporã
Icaraíma
Iguaraçu
Iguatu
Inajá
Indianópolis
Iporã
Iracema do Oeste
Iretama
Itaguajé
Itaipulândia
Itambé
Itapejara d’Oeste
Itaúna do Sul
Ivaiporã
Ivaté
Ivatuba
Jaguapitã
Jandaia do Sul
Janiópolis
Japurá
Jardim Alegre
Jataizinho
Jesuítas
Juranda
Jussara
Kaloré
Laranjal
Laranjeiras do Sul
Lidianópolis
Lindoeste
Loanda
Lobato
Londrina
Luiziana
Lunardelli
Lupionópolis
Mamborê
Mandaguaçu
Mandaguari
Manfrinópolis
Mangueirinha
Manoel Ribas
Marechal Cândido Rondon
Maria Helena
Marialva
Marilândia do Sul
Marilena
Mariluz
Maringá
Mariópolis
Maripá
Marmeleiro
Marquinho
Marumbi
Matelândia
Mato Rico
Mauá da Serra
Medianeira
Mercedes
Mirador
Miraselva
Missal
Moreira Sales
Munhoz de Melo
Nossa Senhora das Graças
Nova Aliança do Ivaí
Nova Aurora
Nova Cantu
Nova Esperança
Nova Esperança do Sudoeste
Nova Laranjeiras
Nova Londrina
Nova Olímpia
Nova Prata do Iguaçu
Nova Santa Rosa
Nova Tebas
Novo Itacolomi
Ortigueira
Ourizona
Ouro Verde do Oeste
Paiçandu
Palmital
Palotina
Paraíso do Norte
Paranacity
Paranapoema
Paranavaí
Pato Bragado
Pato Branco
Peabiru
Perobal
Pérola
Pérola d’Oeste
Pinhal de São Bento
Pitanga
Pitangueiras
Planaltina do Paraná
Planalto
Porecatu
Porto Barreiro
Porto Rico
Prado Ferreira
Pranchita
Presidente Castelo Branco
Primeiro de Maio
Quarto Centenário
Quatro Pontes
Quedas do Iguaçu
Querência do Norte
Quinta do Sol
Ramilândia
Rancho Alegre
Rancho Alegre D’Oeste
Realeza
Renascença
Reserva do Iguaçu
Rio Bom
Rio Bonito do Iguaçu
Rio Branco do Ivaí
Rolândia
Roncador
Rondon
Rosário do Ivaí
Sabáudia
Salgado Filho
Salto do Lontra
Santa Cruz de Monte Castelo
Santa Fé
Santa Helena
Santa Inês
Santa Isabel do Ivaí
Santa Izabel do Oeste
Santa Lúcia
Santa Maria do Oeste
Santa Mônica
Santa Tereza do Oeste
Santa Terezinha de Itaipu
Santo Antônio do Caiuá
Santo Antônio do Sudoeste
Santo Inácio
São Bernardino
São Carlos do Ivaí
São João
São João do Caiuá
São João do Ivaí
São Jorge d’Oeste
São Jorge do Ivaí
São Jorge do Patrocínio
São José das Palmeiras
São Manoel do Paraná
São Miguel do Iguaçu
São Pedro do Iguaçu
São Pedro do Ivaí
São Pedro do Paraná
São Tomé
Sarandi
Saudade do Iguaçu
Serranópolis do Iguaçu
Sertaneja
Sertanópolis
Sulina
Tamarana
Tamboara
Tapejara
Tapira
Terra Boa
Terra Rica
Terra Roxa
Toledo
Três Barras do Paraná
Tuneiras do Oeste
Tupãssi
Turvo
Ubiratã
Umuarama
Uniflor
Vera Cruz do Oeste
Verê
Virmond
Vitorino
Xambrê
Dicas de como se proteger em tempestades
A Defesa Civil do Paraná disponibiliza algumas dicas de como se proteger em temporais. Veja abaixo:
Vendaval
Procure um abrigo o mais rápido possível, e não saia até que o vendaval pare;
Se notar o risco de desabamento do telhado, saia do local e comunique o risco, inclusive às autoridades;
Revise a resistência de sua casa, principalmente o madeiramento de apoio do telhado e a amarração das telhas no madeiramento, se tiver;
Guarda-chuvas podem atrapalhar o deslocamento, evite utilizar estes materiais ao se locomover em ventos fortes;
Não se abrigue embaixo de árvores ou coberturas metálicas frágeis, elas podem cair e causar ferimentos;
Se precisar se deslocar, diminua ao máximo seu atrito com o vento;
No carro, se possível, estacione o veículo em local seguro e espere o vento forte passar;
Se necessário, e possível, entre em uma edificação;
Não estacione o carro próximo a torres de transmissão e placas de propagandas;
Se não for possível estacionar, diminua a velocidade e procure um local seguro para estacionar assim que possível, pois o vento pode desestabilizar a direção do veículo.
Granizo
Permaneça abrigado e não saia até que a chuva de granizo pare;
Em hipótese alguma suba em telhados molhados. Os reparos devem ser feitos por pessoal especializado e com segurança para evitar quedas;
Se notar o risco de desabamento do telhado, saia do local e comunique o risco, inclusive às autoridades;
Fique atento à ocorrência de trovoadas e evite estar sobre ou próximo a estruturas metálicas;
Cuidado ao se deslocar, pois o granizo deixa o piso escorregadio, podendo causar quedas;
Se possível, estacione o veículo em local seguro e espere a chuva de granizo passar;
Não estacione o carro próximo a torres de transmissão e placas de propagandas;
Permaneça dentro do veículo até o término da queda de granizo, e, se houver algum papelão no carro, use-o para forrar o para-brisa por dentro, evitando que, em caso de quebra, os cacos possam atingir os ocupantes.
Alagamento
Não deixe crianças brincarem nas águas de inundações, alagamento e enxurradas. Além de vários perigos, elas poderão estar contaminadas;
Caso perceba que o volume de água está subindo, ameaçando seus bens, ponha-os a salvo, elevando-os. Mas atenção! Somente faça isso se não houver riscos;
Se, por algum motivo, ficar ilhado, ligue 193 – Corpo de Bombeiros ou Defesa Civil pelo 199;
Proteja-se em locais elevados até a água baixar;
Fique atento às informações das rádios;
Estando em veículo, se possível, estacione em um local elevado e espere a água baixar;
Não fique próximo a caminhões ou ônibus. Veículos de grande porte provocam ondas que podem alagar o seu carro e fazer com que perca o controle da direção;
Não pare o carro próximo a árvores ou postes.
Evite atravessar áreas alagadas, só faça isso se for realmente necessário. Se precisar fazê-lo, atente para o seguinte:
Não tente atravessar vias com água acima da metade da roda (observe outros carros) e mantenha sempre a rota da rua sem fazer desvios, evitando buracos escondidos na margem;
Ande em 1° marcha e devagar sem jamais trocar de marcha dentro d’água, mantendo a aceleração constante, por volta dos 2.500 giros, para evitar que entre água pelo escapamento e o carro apague;
Mantenha distância do carro da frente, pois, se o mesmo apagar, você tem a opção de fazer uma rota alternativa;
Se o carro morrer, não tente fazê-lo pegar. Solicite ajuda e, se possível, retire-o do local onde está parado, para que a água não entre no veículo causando panes;
Se não houver como movê-lo, não espere dentro do carro o volume de água diminuir, pois, na maioria das vezes, a tendência é aumentar e você poderá ficar preso ao veículo, sem poder sair. Veja a maneira mais segura de fazê-lo, se necessário aguarde por socorro sobre o carro;
Tente estacionar em regiões mais altas. Se o nível da água atingir o batente inferior da porta é hora de abandonar o veículo. Com água acima das rodas, o carro começa a boiar e fica sem controle. Se alcançar as janelas, ocorre o bloqueio das portas, impedindo a saída e dificultando o resgate;
Se não for possível abandoná-lo, chame por socorro (ligue 193 ou 199) e aguarde no teto do veículo.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná
Leia mais notícias do estado em g1 Paraná
Adicionar aos favoritos o Link permanente.