Acusado de matar mãe e filho e esconder corpos em sofá jogado em lote baldio é condenado a 24 anos de prisão


Segundo a polícia, Benjamin de Araújo tinha um relacionamento casual com a vítima. As investigações apontam que ele teria esganado a mulher e o filho dela. O crime aconteceu em julho de 2022 Joicimeire Conde Cardoso, de 39 anos, e o filho dela, João Vitor Conde, de 8.
Reprodução/Redes Sociais
Benjamin de Araújo, de 53 anos, foi condenado a 24 anos de prisão por matar e esconder o corpo de uma mulher e o filho dela em um sofá abandonado na cidade de Itapirapuã, na região oeste de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o homem teria passado o dia com Joicimeire Conde Cardoso, de 39 anos, com quem tinha um relacionamento casual, mas acabou discutindo com a mulher por ciúmes. O filho dela, João Vitor Conde, de 8, também estava junto com o casal. As investigações apontam que Benjamin matou mãe e filho por esganadura. O crime aconteceu em julho de 2022.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
De acordo com a sentença, o réu foi condenado por feminicídio contra a mulher e homicídio simples contra a criança. Além disso, como os corpos foram escondidos dentro de um sofá, o crime de ocultação de cadáver também foi considerado. A condenação foi assinada na última quarta-feira (22), pelo juiz Joviano Carneiro Neto.
LEIA MAIS
Suspeito de matar mãe e filho encontrados mortos em sofá jogado em lote baldio é preso em Itapirapuã
Preso suspeito de matar mãe e filho por dívida de R$ 300, em Trindade
Servente de pedreiro é suspeito de matar a companheira e o filho dela de 10 anos a facadas
À época, testemunhas ouvidas pela polícia confirmaram que, no dia do crime, o réu teria agredido a mulher na casa dele, inclusive na presença da criança. Mãe e filho não foram vistos depois da noite em questão. Os corpos foram encontrados 7 dias depois do crime. O corpo da criança estava escondido no sofá. O corpo da mulher, debaixo do móvel.
Crime
Em agosto de 2022, Benjamin foi preso suspeito de ter matado Joicimeire e seu filho, João Vitor, e escondido os corpos em um sofá. Quando foram encontrados, os cadáveres já estavam em decomposição dentro do móvel que estava abandonado em um lote baldio na cidade, próximo à GO-070. O crime teria ocorrido no domingo, 31 de julho de 2022.
Segundo a polícia, os adultos teriam consumido bebidas alcóolicas juntos. Depois de algumas brincadeiras que desagradaram a ambos, eles discutiram e se agrediram. As investigações apontaram que Benjamin tinha um relacionamento casual com a vítima já há alguns anos, encontrando-se com ela sobretudo aos finais de semana.
As agressões teriam se iniciado após uma discussão entre autor e vítima, movida especialmente pelo ciúme dele. As investigações apontam que, possivelmente, o autor dos crimes teria esganado as vítimas no domingo à noite e ocultado os cadáveres de madrugada, embaixo de um sofá abandonado na estrada vicinal.
📱 Veja outras notícias da região no g1 Goiás.
📱 Participe dos canais do g1 Goiás no WhatsApp e no Telegram.
VÍDEOS: últimas notícias de Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.